Domingo, Maio 26, 2024
20.1 C
Lisboa
More

    João Lourenço em Kinshasa para encontro com Félix Tshisekedi

    O presidente angolano João Lourenço chegou a Kinshasa, na República Democrática do Congo (RDC), neste sábado (12) no âmbito do processo de mediação das tensões entre o país vizinho e o Ruanda. O antigo presidente queniano Uhuru Kenyatta deve chegar a Kinshasa no domingo.

    O chefe de Estado angolano, João Lourenço, que preside a Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos (CIRGL), está de visita a Kinshasa, capital da República Democrática do Congo (RDC) para conversar com o seu homólogo Félix Tshisekedi. O presidente também reuniu-se em Kigali, capital do Ruanda, na sexta-feira (11) com o presidente Paul Kagame.

    Designado mediador pela União Africana (UA) e a Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), o dirigente deve consagrar o encontro para discutir a crescente tensão vivida com a República do Ruanda, acusada de financiar o grupo de rebeles M23, movimento que multiplicou o número de ataques na região do Quivu do Norte no mês de Outubro.

    O antigo presidente queniano Uhuru Kenyatta também é esperado em Kinshasa no domingo para uma visita de trabalho de 48 horas, ele que foi designado facilitador pela Comunidade de Estados da África de Leste.

    Militares quenianos chegam a Goma

    Entretanto os primeiros contingentes das forças armadas do Quénia chegaram hoje a Goma, no leste do país, para ajudar nos esforços contra o grupo rebelde “Movimento 23 de Março” (‘M23) e outras milícias que assolam a RDC há mais de três décadas.

    Em Junho, os dirigentes de sete países membros da Comunidade do Leste Africano (Burundi, Quénia, Ruanda, Tanzânia, Sudão do Sul, Uganda e RDC) concordaram em criar uma força regional sob comando militar do Quénia, para operar no leste daquele país.

    Arrivée des premiers soldats kényans, à Goma, en République démocratique du Congo, ce samedi 12 novembre 2022. (AFP – ALEXIS HUGUET)

    No fim desta mobilização o número de soldados quenianos no terreno deve chegar a 903, de acordo com o orçamento disponibilizado pelo parlamento em Nairobi.

    O Tenente-Coronel Obiero declarou aos jornalistas que a missão prevê operações ofensivas ao lado das forças congolesas e uma ajuda para desarmar as milícias que continuam a alastrar-se pela região.

    RFI

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Anora de Sean Baker vence Palma de Ouro em Cannes. Miguel Gomes recebe Melhor Realização com Grand Tour

    O realizador norte-americano recebeu o prémio de Melhor Filme no Festival de Cinema de Cannes pelo qual "trabalhou toda...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema