Terça-feira, Julho 23, 2024
29.9 C
Lisboa
More

    Irão anuncia novo local subterrâneo para enriquecer urânio

    A planta subterrânea de enriquecimento de urânio de Fordow, perto da cidade sagrada de
    Qom (norte), estará operacional em breve, afirmou neste domingo uma autoridade iraniana. O anúncio deverá agravar o nível de tensão entre Teerão e a comunidade internacional que pede o fim do programa nuclear do país, suspeito de ser uma fachada para produção de armas atômicas.

    “O local de enriquecimento nuclear Fordow estará operacional em um futuro próximo. Urânio enriquecido a
    20%, a 3,5% e 4% poderá ser produzido neste local”, garantiu Fereydoon Abbasi Davani, chefe da Organização iraniana de Energia Atômica, citado pelo jornal Kayhan.

    Esta afirmação ocorre no momento de tensões crescentes entre Teerão e as potências ocidentais que acusam as autoridades da República Islâmica de tentar desenvolver armas nucleares por trás de seu programa nuclear civil. Teerão garante que seu programa atômico tem apenas o objetivo de para produzir energia.

    No dia 8 de novembro, a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA na sigla em inglês)) divulgou um relatório concluindo que o Irão havia trabalhado para desenvolver armas nucleares e talvez estivesse continuando as pesquisas neste sentido, no maior sigilo.

    Sanções

    Países da União Europeia chegaram esta semana um acordo de princípio para estabelecer uma proibição da importação de petróleo iraniano, medida que poderia entrar em vigar até o final em janeiro. Teerão, que fornece cerca de 450 mil barris por dia para o bloco europeu, ameaçou fechar o Estreito de Ormuz, por onde circula 35% do petróleo marítimo mundial, se as potências ocidentais decretassem um embargo sobre suas exportações de petróleo.

    Os Estados Unidos alertaram que não tolerar nenhuma interrupção dessa importante via marítima que serve para abastecer o Ocidente de petróleo e gás.

    No dia 31 de dezembro, o presidente americano Barack Obama deu sinal verde para novas sanções contra o Irão caso o país prossiga com seu programa de enriquecimento de urânio.

     

     

    Fonte: RFI

    Foto: AFP

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    EUA: Onde Kamala Harris se posiciona em relação às alterações climáticas e porque é que isto a torna vulnerável aos ataques de Trump

    A retirada de Joe Biden da corrida presidencial de 2024 — cedendo a semanas de pressão após um debate...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema