Terça-feira, Julho 16, 2024
18.7 C
Lisboa
More

    Investimento humano e tecnológico das Edições Novembro satisfazem Carolina Cerqueira.

    A Ministra da Comunicação Social, Carolina Cerqueira, manifestou a sua satisfação pelo investimento humano e tecnológico efectuado pelas Edições Novembro, depois de ter visitado e inaugurado os novos equipamentos gráficos do Centro de Produção da empresa, no bairro da Cuca, em Luanda.
    Carolina Cerqueira, que também inaugurou os armazéns da Edições Novembro no município de Viana, destinados a assegurar o stock de produtos diversos para a produção de jornais, enalteceu ainda o Conselho de Administração da empresa e os seus trabalhadores, pela qualidade do produto que é apresentado diariamente.
    No parque gráfico da Edições Novembro, com capacidade para imprimir 60 mil exemplares por hora, constatou a evolução e os avanços empreendidos desde 2007, ano em que foi inaugurado pelo Chefe de Estado, José Eduardo dos Santos.
    A ministra lembrou que a estratégia do Executivo angolano passa pela modernização do sector e avançou que estão a ser elaborados estudos para que, nas zonas Sul, Norte e Centro do país, possam surgir as bases que vão evoluir para os futuros centros gráficos, de modo a diminuir as assimetrias ainda existentes na feitura e distribuição do Jornal de Angola.
    Relativamente aos quatro armazéns localizados no município de Viana, disse ter verificado a existência de serviços de apoio excelentes, com espaços amplos, que permitem armazenar quantidades enormes de papel e outros produtos destinados à feitura do jornal.
    Depois de aconselhar o Conselho de Administração da Edições Novembro a promover mais cursos de superação profissional e a transferência de mais know how a favor dos funcionários, afirmou que a empresa está a empreender um serviço público de qualidade, e a desenvolver aptidões para melhorar cada vez mais o seu produto final (o jornal diário).
    A Edições Novembro é detentora das publicações Jornal de Angola, Jornal dos Desportos e Jornal de Economia & Finanças.

    A entrada em funcionamento do Centro de Produção Gráfica da Edições Novembro permitiu dar um salto qualitativo no aspecto técnico dos produtos da empresa e teve repercussões directas na produção editorial, melhorando de forma significativa os materiais informativos e o grafismo, disse ontem, em Luanda, o presidente de Conselho de Administração da empresa. José Ribeiro, que falava no âmbito da visita realizada pela ministra da Comunicação Social àquelas instalações, referiu que “quando as empresas vivem muito tempo estagnadas, mal ganham terreno firme crescem rapidamente”.
    “Foi o que aconteceu. Em pouco mais de dois anos aumentámos as tiragens. Aumentou a circulação e a expansão dos nossos jornais diários. Melhoraram significativamente os conteúdos, o que fez subir o nível da qualidade editorial”, salientou.
    José Ribeiro afirmou que “hoje estamos simbolicamente a pôr em marcha uma impressora de elevada qualidade, que imprime em quadricomia e tem equipamentos suplementares modernos, que facilitam o escoamento das tiragens, o aumento das tiragens, o aumento das vendas e uma maior oferta de espaço de publicidade”.
    Em função do nível e da capacidade instalada, o Centro de Produção Gráfica da Edições Novembro exige assistência permanente e equipas especializadas de manutenção, acrescentou.
    “O que acabámos de apresentar é apenas uma pequena parte do que queremos construir. O nosso projecto é criar os centros de produção regionais, que nos vão permitir fazer diariamente edições regionais, tendo como base a grande edição nacional”, concluiu.

    Fonte: Jornal de Angola

    Fotografia: Eduardo Pedro

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Chegou a altura de verificar a realidade económica da Arábia Saudita?

    A Arábia Saudita enfrenta o momento mais precário de sua reinvenção económica. Oito anos depois que o atual príncipe...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema