Quinta-feira, Maio 30, 2024
18 C
Lisboa
More

    Huila: Oposição alerta para anomalias no registo eleitoral e MPLA apela à mobilização

    Os partidos políticos na oposição na província angolana da Huíla estão preocupados com situações anómalas no processo de actualização do registo eleitoral oficioso.

    O MPLA, por seu lado, prefere apelar à mobilização do partido com vista às eleições de 2022.

    O responsável da CASA-CE na Huíla diz que os fiscais indicados pela coligação para acompanhar o processo não têm tido acesso aos relatórios diários.

    Apesar disso, Frederico Fonseca garante estar satisfeito com o processo em si e engajado na mobilização dos potenciais eleitores nas eleições de 2022.

    “São essas pequenas lacunas que os nossos fiscais nos fazem chegar, mas penso que o processo do registo eleitoral tem corrido o seu curso e estamos satisfeitos. Estamos constantemente no campo nos municípios, nas comunas e nos mercados transmitirmos a ideia das pessoas registarem-se por ser importante”, acrescenta Fonseca.

    Envolvida na mobilização da população para ver concretizado o plano de alternância do poder em 2022, está igualmente a UNITA.

    A lentidão do processo é para o maior partido na oposição um aspecto a melhorar, segundo o secretário provincial adjunto, Félix Kuenda.

    “O registo devia se alargar mais, devia- se generalizar o registo. Há pouca publicidade devia ser um processo realizado numa normalidade porque o que nós sentimos todos os dias é que o indivíduo tem que perder um dia para fazer o registo e sabe que as pessoas têm múltiplas tarefas a desenvolver durante o dia”, afirma Kuena, quem apela “às autoridades que invertam o quadro porque estamos preocupados”.

    Por seu lado, o primeiro secretário do partido no poder, Nuno Mahapi, sem fazer nenhum comentário sobre o processo de actualização do registo fala em mobilização geral em 2022, que “vai requerer do MPLA na província um árduo trabalho político-partidário, por um lado, e, por outro, continuar a aprimorar as nossas organizações na sensibilização e mobilização dos nossos militantes”.

    A VOA tentou sem sucesso ouvir o Gabinete Provincial dos Registos.

    Com cerca de três milhões de habitantes, a Huíla, considerada segunda maior praça eleitoral do país, pode ver a sua população votante aumentar nas eleições de 2022.

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    A voz da África precisa de ser ouvida, afirmou o Presidente do Banco Africano de Desenvolvimento

    O Presidente do Banco Africano de Desenvolvimento, Dr. Akinwumi Adesina, disse que o mundo está a mudar e que...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema