Domingo, Março 3, 2024
12.8 C
Lisboa
More

    Guiné-Equatorial: último dia de campanha rumo às eleições gerais

    A Guiné Equatorial vai a eleições gerais este domingo, 20 de Novembro. Esta sexta-feira assinala-se o último dia de campanha. No sábado, dia antes do escrutínio, é dia de reflexão.

    Cerca de 500 mil guineenses são chamados às urnas, este domingo, para exercer o seu direito de voto nas eleições presidenciais, legislativas e municipais.

    No que diz respeito ao escrutínio presidencial, Teodoro Obiang, líder do PDGE e actual chefe de Estado, candidata-se a um sexto mandato de sete anos.

    A concorrer contra Obiang nesta eleição existem dois candidatos: Andrès Esono Ondo, Presidente do partido da oposição Convergência para a Democracia Social (CPDS) e Buenaventura Monsuy Asulu, líder do Partido da Coligação Social Democrática.

    Tendo em conta os três candidatos que disputam o escrutínio presidencial é practicamente dado como certo que Obiang voltará a ser eleito, de acordo com analistas.

    Eleições presidenciais antecipadas
    As eleições presidenciais foram antecipadas de Abril para Novembro, conforme avançou o chefe de Estado no passado mês de Setembro.

    Teodoro Obiang utilizou a “actual crise económica global multifacetada” como justificação para a realização de eleições antecipadas, uma vez que, segundo defendeu, existe a necessidade de poupar recursos. As presidenciais só deveriam acontecer em abril.

    A CORED, coligação que reúne 20 partidos e associações da oposição na diáspora, denunciou que está em curso no país “um golpe de Estado” e que as eleições são “anticonstitucionais”.

    “O Presidente Teodoro Obiang viola duas vezes a Constituição, que é a nossa lei fundamental, ao organizar eleições presidenciais antecipadas para reprimir o debate democrático”, disse a organização, em entrevista à agência de notícias Lusa.

    De salientar que as últimas presidenciais, realizadas em 2016, foram pautadas por vários escândalos, entre eles acusações de fraúde por parte da oposição e da comunidade internacional.

    RFI

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Líder da Junta Militar do Chade anuncia candidatura depois do assassinato do líder da oposição

    O líder da Junta Militar do Chade, Mahamat Idriss Deby Itno, anunciou neste sábado, 2, a sua candidatura às...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema