Quarta-feira, Maio 29, 2024
17.8 C
Lisboa
More

    Governante angolano defende prioridade nas ligações transfronteiriças

    O ministro dos Transportes, Augusto da Silva Tomás, defendeu hoje (quinta-feira), em Luanda, que as ligações transfronteiriças devem ser prioritárias, sem prejuízo de internamente cada país se empenhar na implementação das redes nacionais em todas vertentes da cooperação que assegurem os objectivos de coesão económica e social da comunidade.

    Ao intervir no acto de abertura da reunião dos ministros responsáveis pela criação das infra-estruturas da SADC, o governante disse que “Angola tem um firme compromisso de o fazer”.

    “O objectivo que nos move só será razoavelmente alcançado com aprofundamento da integração regional, que nos permita apresentar perante esses mercados, enquanto comunidade económica e social unida e actuante”, disse Augusto Tomás da Silva.

    Na sua óptica, SADC tem efectivamente, as condições básicas para avançar, vontade, planeamento, mão-de-obra disponível, recursos e um programa, mas deve investir ainda bastante noutros campos, como o da modernização tecnológica, formação profissional, financiamentos, tecnologia, entre outros.

    Fez saber que, na sua perspectiva, as palavras-chave deste plano, compreendem o capital humano, recursos, infra-estruturas, desenvolvimento e competitividade.

    Considerou que um dos aspectos que suscita natural preocupação prende-se com o financiamento dos investimentos, que constitui, com efeito, uma questão nuclear de todo este processo.

    Para o ministro dos transportes, importa verificar as possíveis fontes de financiamento, as capacidades orçamentais, e a disponibilidade para suportarem o custo dos projectos em curso e previstos, de modo a poder-se disponibilizar, tão rapidamente quanto possível, os meios financeiros para a realização das empreitadas.

    Neste encontro, a decorrer em Luanda, os ministros responsáveis pelas infra-estruturas da SADC, efectuarão igualmente uma avaliação dos progressos na aplicação das acções e projectos em curso na região a nível do programa de infra-estruturas.

    Integram o sector de infra-estruturas da SADC os ministérios dos Transportes, Telecomunicações e Tecnologias de Informação, Urbanismo e Construção e da Hotelaria e Turismo.

    FONTE: Angop

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    A China está de volta à África desta vez com mais investimentos e menos empréstimos

    O principal programa de cooperação económica da China está a ser relançado após uma pausa durante a pandemia global,...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema