Sexta-feira, Julho 19, 2024
29.9 C
Lisboa
More

    Governador pede a participação da sociedade nos programas de combate à fome e à pobreza

    O governador da província de Cabinda, Mawete João Baptista pediu a colaboração dos membros do Conselho provincial de Auscultação Social no combate à fome e na erradicação da pobreza, durante a abertura da reunião deste órgão, realizada na segunda-feira, naquela cidade. Mawete João Baptista referiu que os membros deste conselho, composto por responsáveis do governo e da sociedade civil, e sobretudo aqueles que cuja acção incide nos domínios social e económico, devem contribuir com ideias “para que o programa gizado pelo Executivo e o governo da província de combate à fome e erradicação da pobreza possa ser executado sem sobressaltos”.
    O governador explicou que a preocupação do Executivo é encontrar soluções que permitam o mais depressa possível inverter o actual quadro de pobreza reinante no seio da população. Nesse sentido, foi esboçado um projecto que está a ser implementado através da aplicação de políticas macroeconómicas, desconcentração administrativa e da descentralização do Orçamento Geral do Estado (OGE).
    A nível da província, está em carteira a implementação de programas integrados municipais de desenvolvimento rural e de combate à pobreza, acções para as quais pediu a colaboração de todos, sobretudo daqueles que fazem parte do tecido económico e social da região.
    “Estão a ser conjugados esforços em vários sectores considerados fundamentais para o cumprimento desse propósito” disse, destacando alguns projectos já executados no domínio viário – reabertura de vias secundarias e terciárias –, da educação – construção de escolas – e da saúde – construção de hospitais, centros e postos sanitários.
    Nos domínios da água e da energia eléctrica, embora tenha considerado que a qualidade dos serviços ainda está aquém da expectativa das populações, esclareceu que o governo da província efectuou algumas acções na área da construção de infra-estruturas básicas. No tocante à rede comercial, foi feita a reestruturação do sistema de comércio rural, dando maior atenção ao circuito de abastecimentos de vários inputs às populações, com vista a melhorar os índices de produção, e à formação profissional de jovens.
    Os membros do Conselho provincial de Auscultação e Concertação Social reunidos pela primeira vez neste ano, abordaram aspectos que têm a ver com a energia e águas, agricultura, comércio e indústria, educação, saúde, emprego, obras pública, MINARS, transportes, bolsas de estudo, desporto, saneamento básico da cidade de Cabinda e com a estabilidade político-militar.

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Donald Trump provoca polêmica sobre Taiwan

    Donald Trump defenderá Taiwan no caso de uma invasão da China se vencer as eleições de novembro nos Estados...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema