Domingo, Março 3, 2024
12.8 C
Lisboa
More

    Gold Standard suspende a Emissão de Créditos de CO2 do Zimbabwe

    A Gold Standard, uma verificadora de compensações de carbono, suspendeu temporariamente a emissão de créditos de projetos baseados no Zimbabwe, após o anúncio do país no início deste ano de que planeja receber metade da receita gerada por tais transações.

    A decisão entra em vigor imediatamente, disse um porta-voz da Gold Standard por e-mail na terça-feira. A Gold Standard atuou como verificadora de cerca de 20 projetos de compensação de carbono no Zimbabwe.

    “Após o anúncio em maio, estivemos em contato com o governo do Zimbabwe para esclarecer suas implicações, o que levou à nossa decisão de interromper a emissão” para cumprir a legislação nacional, disse o porta-voz da Gold Standard.

    A medida pode servir de alerta para outros países africanos, como Malawi e Zâmbia, que, desde o anúncio da decisão do Zimbabwe, indicaram que podem seguir o exemplo, agitando ainda mais o mercado de créditos de carbono de US$ 2 bilhões.

    O Zimbabwe é o terceiro maior emissor de compensações de carbono da África depois do Quénia e da República Democrática do Congo, disse Jaye Connolly-LaBelle, diretor executivo da RippleNami Inc. , uma empresa de coleta de dados. O país da África Austral é responsável por 13% das emissões de compensações de carbono do continente e 1,7% das emissões de compensações de carbono globais, disse RippleNami.

    Michael Usi, ministro do meio ambiente do Malawi, disse a Bloomberg na conferência que seu país receberá uma parcela ainda não determinada da receita. Collins Nzovu, ministro do meio ambiente da Zâmbia, disse numa entrevista que “se tivéssemos 50%, ficaríamos muito felizes, esses são os números que estamos analisando também”.

    Um porta-voz da Gold Standard disse na época que os governos que buscam uma supervisão mais forte devem agir de uma maneira “que permita investimentos positivos em ações climáticas e desenvolvimento sustentável”.

    Ainda assim, o maior verificador mundial de compensações de carbono, Verra, disse por e-mail que, embora tenha interrompido o registo de projetos e a emissão de créditos após o anúncio inicial do governo do Zimbabwe, retomou esses processos. Seus projetos no Zimbabwe continuam ativos, disse um porta-voz no e-mail.

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Líder da Junta Militar do Chade anuncia candidatura depois do assassinato do líder da oposição

    O líder da Junta Militar do Chade, Mahamat Idriss Deby Itno, anunciou neste sábado, 2, a sua candidatura às...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema