Segunda-feira, Maio 20, 2024
13.9 C
Lisboa
More

    Gil Fortunato é dos melhores

    O angolano Gil Fortunato integra os quadros técnicos do Clube de Ténis “Ceto-João Cunha e Silva”, onde milita Frederico Gil, melhor tenista português no “ranking” da Associação de Ténis Profissional (ATP), ocupando o 83º posto.
    Gil Fortunato, de 27 anos, figura entre os melhores treinadores lusos e estrangeiros que trabalham em Portugal. Originário de uma família de desportistas e jornalistas, abraçou a modalidade aos dez anos no Nugo Maco de Benguela, representando depois o Grupo Jambito, Ensa de Benguela e Ensa de Luanda.
    Aos 17 anos, Gil Fortunato rumou para Portugal, onde jogou em vários clubes, tendo terminado a carreira no Ceto-João Cunha e Silva. Em termos de palmarés, venceu cinco finais e perdeu uma.
    Em declarações terça-feira ao Jornal de Angola, o técnico angolano manifestou-se satisfeito com o momento actual na sua carreira de treinador. “Sinto-me orgulhoso com tudo de bom que está a acontecer na minha vida profissional. Estou a viver um momento ímpar. O objectivo é continuar a subir”, afirmou.
    Gil Fortunato desempenha um duplo papel no Ceto. Além de treinador dos escalões de formação, trabalha na pesquisa de talentos para o clube. “Muitos dos jogadores que o Ceto tem foram encontrados por mim. Postos no clube, iniciam um trabalho aturado até atingir a perfeição. Que o diga o Frederico Gil”, realçou. O treinador é assediado por vários clubes, como o Clube de Ténis de Marbella, Espanha, Academia de Ténis de Londres e um clube dos Estados Unidos.
    “A direcção do clube rejeitou o interesse das três agremiações. Estou bem no Ceto. As condições são óptimas”, garantiu Gil Fortunato.
    João Linho, antigo companheiro de selecção de Gil Fortunato, recordou os momentos vividos ao serviço da equipa nacional. “Guardo boas recordações do Gil. Como atleta era temível. Agora como treinador, sei que está a fazer um excelente trabalho no seu clube. Espero que continue com esta humildade. Força, Gil Fortunato”, sublinhou.

    O antigo técnico de Gil Fortunato, o também angolano Kito Barros, congratulou-se com a ascensão do seu ex-pupilo na carreira como treinador.
    “Estou satisfeito com a carreira de treinador do Gil Fortunato. Tenho dado muita força ao Gil. Não tenho dúvidas de que o Gil Fortunato vai continuar a trilhar os melhores caminhos”, ressaltou.

    Fonte: Jornal de Angola

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Os EUA pretendem remodelar as cadeias de abastecimento globais na Ásia, e a China contorna isso com investimentos em países asiáticos

    Os aumentos tarifários do presidente Joe Biden sobre uma série de importações chinesas são apenas as últimas medidas dos...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema