Terça-feira, Março 5, 2024
10.7 C
Lisboa
More

    Fundo Soberano lança bolsa de estudo “Futuros Líderes em Angola”

    (Foto: D.R.)
    (Foto: D.R.)

    O Fundo Soberano de Angola (FSDEA) anunciou o lançamento do seu programa de bolsa de estudo, intitulado “Futuros Líderes em Angola”, que tem por objectivo a capacitação de uma nova força de trabalho no país.

    Esta iniciativa oferecerá aos jovens angolanos licenciados e talentosos a oportunidade de fazerem parte de um curso intensivo e exclusivo de gestão centrado na actividade de gestão negócios internacionais, banca de investimento e finanças.

    O programa é realizado em parceria com a Escola de Gestão e de Direito da Universidade de Ciências Aplicadas de Zurique (ZHAW).

    José Filomeno dos Santos, Presidente do Conselho de Administração do FSDEA, citado pela nota de imprensa, referiu que “este programa de bolsa de estudo contribuirá para a prosperidade de Angola, porque tem como objectivo estratégico o estabelecimento de competências de gestão necessárias para a gestão eficiente dos recursos do país”.

    Os graduados vão adquirir experiências globais e um entendimento profundo de várias indústrias bem-sucedidas no mundo inteiro, “tornando-se futuros líderes do saber em Angola. Temos a certeza de que, no futuro, todos os participantes deste programa vão contribuir decisivamente para o crescimento económico e a prosperidade nacional”, adiantou.

    André Haelg, reitor da Escola de Gestão e de Direito da ZHAW, afirmou que “este curso proporcionará aos estudantes angolanos uma excelente educação no ramo empresarial. Sendo uma universidade suíça líder com forte incidência na aprendizagem prática, estamos sempre dispostos a promover a evolução das condutas de gestão financeira em todo o mundo. É com enorme satisfação que nos propomos a desempenhar um papel importante no desenvolvimento de um sector forte de serviços financeiros em Angola”.

    Complementando o programa da bolsa de estudo, o FSDEA anunciou também a conclusão de um estudo para o lançamento de uma nova “Escola de Hotelaria no continente Africano”.

    O objectivo final desta escola será oferecer conhecimentos ao nível da indústria da hospitalidade internacional à juventude, que são essenciais para o desenvolvimento de carreiras promissoras neste sector, que detém um potencial enorme para expansão no continente. O estudo concluído fornece informações sobre o panorama actual e futuro para a especialização de quadros africanos nesta indústria em Angola e no resto da África Subsaariana.

    “A indústria da hospitalidade em África observa hoje um nível crescente de interesse por parte de operadores hoteleiros internacionais. Vários grupos hoteleiros anunciaram planos ambiciosos de expansão na região, mas nenhum se comprometeu em investir nas infra-estruturas e capital humano, necessários para materializar estes desenvolvimentos. Deste modo, tais anúncios têm servido para construir uma inflação incapacitante para o desenvolvimento da indústria. O estudo concluído recentemente pelo FSDEA indica que as recompensas a longo prazo para o sector da hospitalidade em África só poderão ser alcançadas através da priorização da construção das infra-estruturas de apoio e capacitação de quadros locais”, acrescentou o Presidente do Conselho de Administração do FSDEA.

    O desenvolvimento e o financiamento de programas de desenvolvimento social fazem parte da política de investimento do FSDEA. O Fundo ainda está a desenvolver um programa exclusivo para promover mais iniciativas nos sectores da formação vocacional e acesso à provisão de serviços de saúde, energia e água em regiões nas quais a rede de distribuição pública não esteja disponível.

    “Um sector de serviços próspero é vital para o crescimento económico da região. Estamos certos de que a longo prazo estas iniciativas desempenharão um papel fundamental na atribuição das habilidades necessárias para empregabilidade e a participação autónoma da nossa geração jovem nestes sectores, como funcionários, prestadores de serviços ou consumidores”, concluiu José Filomeno dos Santos.

    O Fundo Soberano de Angola (FSDEA) pertence integralmente ao Estado da República de Angola. O Fundo foi criado de acordo com as normas internacionais de governação e diversificará gradualmente a sua carteira de investimentos através de alocações de capital a vários sectores e classes de activos, de acordo com sua política de investimento. (Expansão/Angop)

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Emirados Árabes Unidos convocarão uma reunião sobre financiamento climático em preparação para a COP29

    Os Emirados Árabes Unidos reunirão representantes dos países e líderes de instituições financeiras globais numa reunião especial em junho,...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema