Sexta-feira, Julho 19, 2024
29.9 C
Lisboa
More

    Formação à distância na comuna do Gungo

    A Escola de Formação de Professores (EFP) no Kwanza-Sul procedeu sexta-feira, na localidade do Eval Guerra, comuna do Gungo, ao arranque da formação contínua e à distância de professores, enquadrada no plano mestre do Ministério da Educação nesta vertente.
    O objectivo da formação à distância, de acordo com os responsáveis da EFP, é o de aumentar os níveis académicos dos professores sem estes terem de se deslocar do local de trabalho. O programa prevê que cada ciclo de formação tenha a duração de dez meses, findos os quais os participantes obtêm a equivalência do ensino médio vigente. O arranque do referido curso, dirigido essencialmente aos professores que leccionam no meio rural, conta com um quadro de 47 docentes que, periodicamente, se deslocam à localidade.
    Os formandos recebem formação em Língua Portuguesa, Matemática, Geografia, História, Química, Física, Biologia e disciplinas metodológicas de ensino.
    No acto de abertura, o director da Escola de Formação de Professores, Francisco Júnior, explicou que os formadores se deslocam a Eval Guerra para distribuírem os blocos de autoformação, nos quais constam os conteúdos, e 15 dias depois tiram dúvidas e fazem a avaliação.
    Além disso, será realizado um projecto “Zona de Influência Pedagógica” (ZIP) que congregará as várias escolas que vão receber formação. “Em resposta às solicitações que nos foram feitas, a EFP do Sumbe deu início, no passado ano lectivo, em regime piloto, à formação contínua e à distância no Eval Guerra, tendo envolvido 36 formandos, e os resultados foram animadores”, disse.
    Apesar desses indicadores, Francisco Júnior esclareceu que no ano passado as condições não foram as melhores, devido ao défice de professores e às dificuldades de transportes, sublinhando que o empenho e sacrifício dos docentes e dos formandos tornaram possível concretizar o objectivo.
    No final do curso, os professores formados elaboram uma monografia, que têm depois de defender.

    À semelhança do Eval Guerra, a formação contínua e à distância de professores está a decorrer nos municípios do Mussende e Kibala, em cooperação com a Íbis, Organização Não-Governamental dinamarquesa.

    Fonte: Jornal de Angola

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Donald Trump provoca polêmica sobre Taiwan

    Donald Trump defenderá Taiwan no caso de uma invasão da China se vencer as eleições de novembro nos Estados...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema