Quinta-feira, Julho 18, 2024
26.7 C
Lisboa
More

    Feira da Saúde regista grande adesão no Cazenga

    Várias pessoas com diversas patologias, na sua maioria de tuberculose, acorrem à Feira da Saúde que se realizou sexta-feira, no Marco Histórico do 4 de Fevereiro, no Cazenga (Luanda), numa promoção da Administração local.

    A actividade, inserida nas celebrações do Dia Mundial da Luta Contra a Tuberculose, a ser assinalado a 24 do corrente mês, foi global e abrangiu todos os serviços desde a saúde mental, reprodutiva, nutrição, PAV (vacinação), dermatologia (consulta da pele), medicina, pediatria, laboratório e farmácia e triagem.

    De acordo com a ponto focal da área de tuberculose no Cazenga, Claudia Moreira, o evento visou sensibilizar a população de que a tuberculose tem cura, desde que haja cumprimento da medicação.

    Disse estiveram representadas na feira várias unidades sanitárias, dai terem podido diagnosticar certas doenças e aos casos mais específicos, os pacientes foram orientados a prosseguirem com tratamento nas unidades mais próximas das suas residências.

    Quinta-feira, a responsável informou à ANGOP que a circunscrição, através das unidades sanitárias, “regista por dia 100 casos de tuberculose”, sendo que o elevado número advém do alto índice de consumo de bebidas alcoólicas, tabagismo, uso de drogas, má alimentação, entre outras. A faixa dos 20 aos 45 anos de idade, principalmente homens, é a mais afectada.

    Já o administrador municipal adjunto para a área Social, Constantino de Almeida, enfatizou que a municipalidade possui quatro (4) unidades de tratamento da tuberculose, onde 98 porcento dos pacientes tem obtido resultados positivos da cura.

    Esta resposta, prosseguiu, determina o cumprimento e a dedicação dos profissionais do sector na prevenção, orientação e obrigatoriedade dos doentes sobre as medidas a ter, do rigor no cumprimento das etapas da medicação sobretudo para não desistência.

    Joice Teresa, ex-doente da tuberculose, testemunhou que em 2022 foi vítima da doença, mas por seguir o tratamento como o recomendável está curada, daí aconselhar aos enfermos a terem paciência e fé, pois “a saúde depende de nós próprios”. PLA/SEC/SC

    Publicidade

    spot_img
    FonteANGOP

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Responsabilização criminal de atos políticos?

    O diploma deverá ir a votação final esta quinta-feira (18.07) e criminaliza o vandalismo – algo que, à partida,...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema