Sábado, Março 2, 2024
14.8 C
Lisboa
More

    Facebook pode causar dependência psicológica

    Se para muitos utilizadores o Facebook já se tornou uma autêntica droga, o estudo da psicóloga Cecilie Schou Andreassen poderá ser-lhes muito útil.

    Realizada na Universidade de Bergen, na Noruega, com base num estudo realizado em janeiro do ano passado a 423 alunos (227 raparigas e 196 rapazes), a “Escala Bergen de Dependência do Facebook” reúne seis perguntas que permitem determinar o tipo de relação que um indivíduo estabelece com a rede social, para avaliar o possível risco de vício.

    As perguntas são semelhantes às que os médicos utilizam para descobrir se o paciente é viciado em álcool ou drogas e permitem cinco modos de resposta gradual (“muito raramente”, “raramente”, “às vezes”, “frequentemente” e “muito frequentemente”). De acordo com Andreassam e a sua equipa, responder “frequentemente” ou “muito frequentemente” mais de quatro vezes pode ser preocupante.

    Mas há mais. Publicados na revista académica “Psychological Reports”, os resultados da investigação evidenciam como a natureza “social” do Facebook, que evita o contacto face a face com o “amigo virtual”, faz com que a dependência da rede social seja mais comum nos jovens, nas pessoas mais ansiosas e socialmente inseguras. Os adultos, as pessas mais ambiciosas e organizadas são capazes de gerir melhor a sua relação com o Facebook, sem serem esmagadas pela rede social.

    “O uso do Facebook aumentou rapidamente”, explicou a psicóloga ao jornal “Dailymail”. “Isto levou-nos a encontrar uma série de dependências relacionadas com os média sociais, que podem ser assemelhados às drogas.

    Para aqueles que quiserem testar o seu grau de “vício do Facebook”, são seis as questões a responder com a escala de avaliação acima mencionada:

    1. Dispende muito tempo a pensar no Facebook e a ligar-se à Internet para usá-lo?

    2. Sente a necessidade de usar o Facebook muitas vezes e por longos períodos de tempo?

    3. Usa o Facebook na tentativa de esquecer problemas pessoais?

    4. Já tentou reduzir a sua utilização do Facebook, mas não conseguiu?

    5. Fica inquieto ou nervoso se o proibirem de usar o Facebook?

    6. O uso do Facebook já teve efeitos negativos nos seus estudos ou trabalho?

    FONTE: Jornal de Notícias

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    PGR realça empenho no combate à criminalidade económico-financeira

    O Procurador-Geral da República (PGR), Hélder Pitta Groz, sublinhou esta sexta-feira, em Luanda, que o esforço e empenho da...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema