Segunda-feira, Julho 15, 2024
19.6 C
Lisboa
More

    Executivo angolano nega desaparecimento de dinheiro das contas públicas

    O governo angolano negou em nota divulgada pela agência Angop, o desaparecimento de 25 mil milhões de euros, alegado no dia 21 de dezembro pela organização não-governamental britânica Human Rights Watch (HRW).

    Na nota divulgada pela Angop, o governo de José Eduardo dos Santos reage a “uma notícia veiculada por alguns órgãos de comunicação social nacionais e internacionais segundo a qual o Fundo Monetário Internacional (FMI) estaria surpreendido com o ‘desaparecimento misterioso'” de cerca de 32 mil milhões de dólares (25 mil milhões de euros) das contas públicas do Estado angolano, entre 2007 e 2010″.

    Segundo a HRW, em comunicado publicado na sua página ‘online’, apesar de o governo angolano se ter comprometido a “aumentar a transparência das receitas do petróleo” e a “fazer uma auditoria à companhia petrolífera estatal (Sonangol)”, o “desaparecimento de 32 mil milhões de dólares (25 mil milhões de euros) levanta questões sérias sobre os seus esforços e sublinha a necessidade de responsabilizar o poder público”.

    Fonte: SIC

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Trump é retirado de comício na Pensilvânia após disparos

    O ex-presidente americano Donald Trump, candidato à reeleição, foi retirado do palco neste sábado durante um comício na Pensilvânia,...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema