Sexta-feira, Junho 14, 2024
16.4 C
Lisboa
More

    Ex-líder sérvio nega prestar declarações

    O ex-líder dos sérvios da Croácia Goran Hadzic recusou ontem declarar-se culpado ou inocente dos crimes de guerra e contra a humanidade de que é acusado.
    Hadzic compareceu pela primeira vez no Tribunal Penal Internacional para a antiga Jugoslávia (TPII), depois de ter sido capturado dia 20, sendo o último acusado do TPII que continuava em liberdade após a detenção, em Maio, do ex-comandante militar sérvio-bósnio Ratko Mladic.
    Entre Fevereiro de 1992 e o final de 1993, Hadzic, 52 anos, foi presidente da rebelde República Sérvia de Krajina, um território da Croácia povoado por sérvios que se declarou independente depois dos croatas terem proclamado a sua própria independência da antiga Jugoslávia, em 1991.
    Em Julho de 2004, o TPII tornou pública a acusação contra Hadzic, por o considerar responsável pelos crimes de guerra e contra a Humanidade, pela expulsão da população croata de Krajina, e pelos assassinatos, perseguições, torturas e tratamento desumano de 1991 a 1993.

    Fonte: Jornal de Angola

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Cimeira do G7 reforça PGII e Itália anuncia contribuição de 320 milhões de dólares para o Corredor do Lobito em Angola

    A Presidente do Conselho de Ministros da Itália e Presidente do G7, Giorgia Meloni, reuniu-se com os outros Líderes...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema