Domingo, Abril 14, 2024
18.1 C
Lisboa
More

    Estratégia Espacial Nacional 2016-2025 com resultados concretos

    A implementação da Estratégia Espacial Nacional 2016-2025 está a alcançar resultados concretos, e a contribuir para a melhoria de vida dos angolanos, afirmou, esta terça-feira, o director-geral do Gabinete de Gestão do Programa Espacial Nacional (GGPEN), Zolana João.

    Ao intervir na III edição da New Space Africa (Conferência Espacial de África 2024), sublinhou que os resultados da estratégia deverão ser apresentados, do ponto de vista concreto, ao longo do evento.

    Em relação ao evento, explicou ser um projecto que surgiu há dois anos em Washington (EUA), na altura do encontro entre Estados Unidos e África, em que o ministro Mário Oliveira lançou um desafio que é colocar Angola no mapa mundial, reconhecido como uma potência do sector espacial, começando pela África Austral, a seguir o continente africano e depois ao nível do topo.

    Já o director-geral da Space In Africa, Temidayo Oniosun, destacou que a conferência mostra o compromisso para a colaboração e desenvolvimento no sector do espaço ao nível do continente.

    Em seu entender, a conferência serve de alavanca dos grandes investimentos feitos no sector, demonstrando o impulso e os esforços de Angola neste domínio.

    Realçou que o evento mantém-se como instrumento principal, onde existem os avanços tecnológicos, em volta da cadeia da indústria espacial.

    De acordo com o mesmo, com a realização deste evento, “estaremos em condições de abrir mais oportunidades. Nos próximos quatro dias, teremos Network que vai juntar os intervenientes da indústria espacial”.

    Por seu turno, o comissário para a educação, ciência, tecnologia e inovação da União Africana, Mohammed Belhocine, agradeceu o convite formulado para fazer parte do evento, realçando que o encontro vai abordar questões bastante gerais ao invés de técnicas.

    A III edição da New Space Africa (Conferência Espacial de África 2024), em que se prevê a participação de “stands” das maiores agências espaciais do mundo, decorre de 02 a 05 de Abril.

    O evento analisa como a tecnologia poderá ser usada para resolver a situação com que África se debate, quanto à pobreza, no sentido do potencial transformador da tecnologia espacial em questões ligadas à agricultura, saúde e segurança.

    O maior evento espacial do continente, organizado pela Space in África, em parceria com a União Africana e o Gabinete de Gestão do Programa Espacial Nacional (GGPEN), reúne decisores, representantes de governos, líderes de academias e da indústria espacial africana, num ambiente que vai procurar analisar o papel do espaço na redução do fosso da pobreza.

    O evento conta com stands da NASA (Agência Espacial dos EUA), da Agência Espacial Europeia (ESA), da SANSA (África do Sul) e da KSA (Quénia).

    O certame reúne também representantes de 54 países, com destaque para os emissários da NASA, agência espacial europeia, bem como da Rússia e da China.HM/AC

    Publicidade

    spot_img
    FonteANGOP

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Irão lança ataque com mais de 100 drones contra Israel em retaliação

    O Irã lançou um ataque com drones contra Israel em um ato de retaliação, neste sábado (13). “Compreendemos essas...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema