Sábado, Março 2, 2024
14.8 C
Lisboa
More

    Estabilidade nos Grandes Lagos depende da conciliação entre necessidades de segurança e interesses económicos

    Joaquim do Espírito Santo (RNA)
    Joaquim do Espírito Santo
    (RNA)

    O alcance da paz e da estabilidade na região dos Grandes Lagos depende fundamentalmente da capacidade de conciliação entre as necessidades de segurança e os interesses econômicos dos vários países da região.

    Esta afirmação é do director para África e Médio Oriente do ministério das Relações Exteriores (Mirex), embaixador Joaquim do Espírito Santo, quando discursava hoje, domingo, na sessão de abertura do encontro de coordenadores nacionais da Conferência Internacional da Região dos Grandes Lagos (CIRGL).

    Na sua intervenção, numa sessão que Angola assume a presidência deste comité, por intermédio do coordenador nacional da CIRGL, Coimbra Baptista, o embaixador referiu que transformar a região dos Grandes Lagos numa zona de paz e estabilidade e num espaço de cooperação, crescimento e desenvolvimento compartilhados, entre os países, é um desafio que os estados membros têm de enfrentar.

    Isto, acrescentou, para que estes estados possam respondermos às aspirações dos seus respectivos povos que só desejam viver em paz, unidos e aproveitar as imensas riquezas dos subsolos.

    De igual modo, reiterou a vontade da República de Angola de continuar a ser um actor engajado na busca de soluções para os desafios que se colocam à região.

    A sessão de abertura do evento contou ainda com intervenções do presidente cessante deste órgão, o ugandês, James Mugume, e do Secretário Executivo da organização, o congolês Alphonse Ntumba Luaba, entre outras entidades.

    Este evento tem como objectivo preparar a agenda da reunião interministerial da CIRGL que, por sua vez irá analisar e preparar os documentos a serem submetidos às lideranças da região durante a Cimeira de Cupula da organização a ter lugar dia 15.

    Criada em 1994, a CIRGL integra doze (12) estados, nomeadamente Angola, Burundi, República Centro Africana (RCA), República do Congo, República Democrática do Congo (RDC), Quénia, Uganda, Rwanda, Sudão, Sudão do Sul, Tanzânia e Zâmbia. (portalangop.co.ao)

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    PGR realça empenho no combate à criminalidade económico-financeira

    O Procurador-Geral da República (PGR), Hélder Pitta Groz, sublinhou esta sexta-feira, em Luanda, que o esforço e empenho da...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema