Domingo, Junho 23, 2024
24.9 C
Lisboa
More

    Crédito para micro-negócios entra agora em fase de testes

    A linha de crédito para o micro-negócio de quatro (4) mil milhões de kwanzas destinada aos agentes económicos formais e informais já está em fase de testes na plataforma do Sistema Integrado de Gestão de Operações de Microcrédito (SIGOM).

    No briefing com a imprensa de terça-feira, o secretário de Estado para a Economia, Mário Caetano João, fez saber que o sistema visa registar e controlar as operações de microcrédito e evitar a duplicação de pedidos por parte dos beneficiários. Disse, por outro lado, ser condição indispensável para beneficiar-se do empréstimo a apresentação de bilhete de identidade, filiação a uma cooperativa ou associação e ter uma conta bancária.

    Ainda no quadro do Programa de Reconversão da Economia Informal (PREI), continua na forja o Projecto de Formalização, Requalificação e Expansão dos Mercados e Cantinas e, consequentemente, a base de dados da economia informal, segundo o MEP. Mário Caetano João falou ainda de contactos efectuados na última semana com as universidades nacionais.

    Pretende-se que estas integrem o Observatório da Economia Informal, órgão que terá a função genérica de acompanhar a elaboração da base de dados e contribuir para a melhoria das medidas públicas de redução da informalidade em curso. Durante o período de 31 de Agosto a 4 deste mês, várias foram, de igual modo, as actividades realizadas no domínio do Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição das Importações (PRODESI).

    No domínio do Projecto de Melhoria do Ambiente de Negócios e Concorrência (PMANC), realizou-se uma visita às instalações do Guiché Único da Empresa, ao abrigo do Plano de Visitas do Projecto de Melhoria do Ambiente de Negócios e Concorrência, com o objectivo de constatar o funcionamento daquele balcão, bem como o levantamento dos constrangimentos operacionais.

    A visita enquadrou-se no âmbito das reuniões semanais previstas no projecto, com o objectivo de apresentar o grau de execução das actividades para o período de Junho de 2020 a Março de 2021. O ministro da Economia e Planeamento, Sérgio Santos, realizou dois encontros. Um com a ministra das Finanças, Vera Daves, e o outro com a da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, Teresa Rodrigues Dias.

     

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Extrema direita avança como favorita nas eleições legislativas da França

    A apenas uma semana do primeiro turno das eleições legislativas na França, a extrema direita lidera as pesquisas e...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema