Terça-feira, Maio 21, 2024
14.3 C
Lisboa
More

    “Conversa sem filtros”: Benedito Daniel dá ‘nota positiva’ a JLo e reitera federalismo para desenvolver Angola

    O candidato à presidência angolana e líder do Partido de Renovação Social, Benedito Daniel, de 61 anos, atribuiu 8 valores a governação de JLO. Numa avaliação feita durante a apresentação do Manifesto e o Programa Eleitoral do PRS, na localidade de Calumbo, o sucessor de Eduardo Kuangana justificou a nota, quase positiva, pelo facto de o tecido social estar cada vez mais fracturado por culpa das más políticas emplementadas pelo Presidente do MPLA.

    Militante do PRS desde a sua fundação, em 1991, Benedito Daniel é o segundo presidente do Partido da Renovação Social, posto para o qual foi eleito em 2017, após a sucessão de Eduardo Kuangana, que liderou o partido durante 27 anos.

    O candidato dos renovadores sociais reiterou a sua persistência no Estado Federal a que o PRS se propõe para Angola desde a sua fundação como partido por entender que temos um país por renovar, uma nação por construir, e um povo para defender.

    “Os sacrifícios exigidos aos angolanos são excessivos. Quero é um bem-estar social para esta população angolana que já sofre há mais de 500 anos”, sublinhou, garantindo que, com o sistema de governo que apresenta, os angolanos terão o poder e o direito de escolher os seus governadores, já que, segundo disse, nos primeiros 100 dias de governo, a principal tarefa será mudar a constituição com base num referendo popular para dotar a carta magna da República de Angola mais equilibrada e à medida dos angolanos e não de grupos.

    Pela extensão do país, Benedito Daniel, não tem dúvidas que a melhor forma de governo é o Sistema Federal, tendo apresentado exemplos de países desenvolvidos onde esse sistema é o vigente.

    Benedito Daniel nasceu a 28 de dezembro de 1961, em Saurimo, nas terras diamantíferas da Lunda Sul. A mãe, Celestina, era doméstica, e o pai, Daniel Samanhina, era enfermeiro e soba, a autoridade tradicional da região Lunda.
    (DR)

    Mérito em detrimento da bajulação…

    “O PRS vai privilegiar o mérito, abdicando-se dos bajuladores. Acabar com a descriminação e as assimetrias sociais”, apontou o político que apontou a possibilidade do Ministério da Comunicação Social deixar de existir, passando a classe a ser regulada pela ERCA e a Comissão da Carteira e Ética e as associações afins, em função de não ver o trabalho que este ministério faz.

    Convite aos demais candidatos

    Entretanto, como já se tornou habitual aos candidatos dos partidos políticos na oposição, o Presidente do PRS, Benedito Daniel, lançou também um convite aos demais concorrentes às eleições gerais de 245 de Agosto e garantiu estar pronto para o “embate”.

    “Estou pronto para debater com os candidatos concorrentes as eleições de 24 de Agosto”, sublinhou, aguardando apenas que o repto lançado seja aceite pelos demais.

    Antes mesmo dos inícios dos trabalhos, realizados no âmbito de uma “conversa sem filtros” com jornalistas e fazedores de opinião angolanos, o líder dos renovadores sociais solicitou aos presentes a prestarem homenagem ao ex-Presidente José Eduardo dos Santos falecido há algumas horas da actividade, tendo dedicado um minuto de silêncio em sua memória.

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Presidente da República recebe PCA da TotalEnergies, enquanto produção de petróleo em Angola cai para 1,083 milhões bd

    O Presidente da República, João Lourenço, recebeu, esta segunda-feira, em Luanda, o Presidente do Conselho de Administração (PCA) da...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema