Sexta-feira, Março 1, 2024
11.7 C
Lisboa
More

    Conor McGregor investigado por assédio sexual

    Conor McGregor, ‘super-estrela’ do universo das artes marciais, está a ser investigado na Irlanda após ter sido acusado por uma mulher de assédio sexual em dezembro passado.

    A notícia é avançada pelo New York Times, que cita quatro fontes próximas do processo.

    De acordo com o Notícias ao Minuto, esta notícia surge na mesma terça-feira em que o lutador anunciou que se ia retirar das artes marciais.

    O lutador irlandês é um dos atletas mais bem pagos do mundo. É uma das figuras mais célebres das MMA (‘mixed martial arts’), tido como o desporto atualmente em maior crescimento no mundo.

    Para além de se ter destacado na UFC, organização de combates de artes marciais onde chegou a ser detentor de dois títulos de campeão, Conor McGregor protagonizou ainda em agosto de 2017 um dos mais caros combates da história do pugilismo, ao desafiar o campeão de boxe invicto Floyd Mayweather.

    McGregor regressou ao UFC em outubro do ano passado, para um combate contra Khabib Nurmagomedov, combate esse onde o russo saiu vencedor.

    Esta terça-feira, no Twitter, Conor McGregor surpreendeu ‘meio mundo’ e anunciou a sua retirada, ele que já tinha estado afastado das MMA, tendo acabado por regressar aos combates no ‘octógono’ (a arena do UFC).

    O jornal nova-iorquino explica que McGregor não está até ao momento formalmente acusado de nenhum crime nem nenhuma das acusações foi dada como provada. Ainda assim as autoridades irlandesas já o questionaram sobre as acusações de que é alvo em janeiro passado, tendo o lutador sido libertado enquanto decorre a investigação.

    Segundo o mesmo jornal, a mulher que fez a acusação de assédio sexual afirmou que o episódio ocorreu no Beacon Hotel, um hotel nos subúrbios da capital irlandesa, Dublin, onde o lutador já esteve hospedado noutras alturas. A polícia local conhecida como Gardai terá recolhido possíveis provas no quarto de hotel, para além de imagens de câmaras de videovigilância.

    O caso já terá sido noticiado pela imprensa irlandesa, mas sem que o nome do atleta fosse referido, dadas as regras relativamente à privacidade de pessoas – que, nestes casos, só podem ser referidas pelo nome na imprensa quando os alegados crimes são dados como provados.

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Índia e África do Sul bloqueiam acordo de investimento nas negociações da OMC

    A Índia e a África do Sul apresentaram uma objeção formal contra um acordo de investimento na reunião...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema