Segunda-feira, Março 4, 2024
14.2 C
Lisboa
More

    Conflito sudanês e golpe em Bissau preocupam secretário-geral da ONU

    O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, apelou ao fim das hostilidades entre o Sudão e o Sudão do Sul e considerou que os responsáveis pelo golpe de Estado na Guiné-Bissau agravam a crise política naquele país da África Ocidental.
    Em comunicado, Ban Ki-moon disse que as disputas entre o Sudão e o Sudão do Sul e as suas consequências sobre a população civil “preocupam-no particularmente” e apelou aos governos de Cartum e Juba a “porem imediatamente fim aos combates”.
    O líder das Nações Unidas instou as autoridades de Cartum a cessarem imediatamente os bombardeamentos aéreos contra o território do Sudão do Sul e pediu ao governo de Juba para retirar-se da cidade petrolífera de Heglig, pertencente ao Sudão.
    O documento informa que o secretário-geral está igualmente preocupado “pelas informações que revelam a mobilização de milícias na zona de Abyei, em violação do acordo de 20 de Junho em que as partes comprometem-se a retirar imediatamente todos os elementos armados da zona”. O Secretário-geral da O­NU, Ban Ki-moon insta o Sudão a assegurar “a retirada completa e imediata de todos estes elementos da zona” e exorta os presidentes  do Sudão, Omar el Bashir, e do Sudão do Sul, Salva Kiir, a respeitarem o compromisso entre as partes no sentido de manter a paz e a estabilidade no Sudão e no Sudão do Sul. “O secretário-geral insta as duas partes a pôr imediatamente fim aos combates e a respeitar o Direito Humanitário Internacional e a protecção dos civis”, indica o comunicado das Nações Unidas.

    Golpe na Guiné-Bissau

    O secretário-geral das Nações Unidas disse estar “extremamente preocupado pelo agravamento da crise política na Guiné-Bissau, apesar dos apelos da comunidade internacional para um regresso imediato à ordem constitucional no país”.
    Para Ban Ki-moon, os responsáveis do golpe de Estado agravam a crise política no país ao anunciar a sua intenção de instaurar um Governo Nacional de Transição. “A situação é preocupante e acontece numa altura em que o povo da Guiné-Bissau devia preparar-se para a escolha  de um novo presidente em eleições democráticas e multipartidárias”, indica Ban Ki-moon em comunicado. O líder da ONU manifestou especial preocupação pela detenção do presidente interino, Raimundo Pereira, do primeiro-ministro e candidato mais votado na primeira volta das eleições presidenciais, Carlos Gomes Júnior, e de outros responsáveis, tendo renovando o apelo para a libertação imediata destas individualidades.
    O secretário-geral abordou o dossier da Guiné-Bissau com o presidente da Costa do Marfim e em exercício da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), Alassane Ouattara, com o presidente de transição da Comissão da União Africana, Jean Ping, e com o ministro português dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas. O diálogo visou reforçar a cooperação com dirigentes regionais e outros abrangidos por esta situação, a fim de encontrar uma solução rápida e duradoura para a crise política na Guiné-Bissau.
    Ki-moon  saudou as iniciativas da CEDEAO, da União Africana e de parceiros da Guiné-Bissau para facilitar o regresso à ordem constitucional no país e reiterou o apoio contínuo da ONU a estes esforços, através do Escritório Integrado da ONU para a Consolidação da Paz na Guiné-Bissau (BINUGBIS).
    Na semana passada, Ban Ki-moon e o Conselho de Segurança condenaram “energicamente” o golpe de Estado em Bissau e exortaram os golpistas a libertarem o presidente interino Raimundo Pereira e o primeiro-ministro Carlos Gomes Júnior.

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    TAAG promove Angola e destinos africanos na bolsa do turismo de Lisboa

    A TAAG-Linhas Aéreas de Angola participou de 28 de Fevereiro a três de corrente mês, na 4ª edição da...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema