Sábado, Março 2, 2024
13.7 C
Lisboa
More

    Compras de Portugal aos PALOP desceram 46% até Julho – AICEP

    (Foto: D.R.)
    (Foto: D.R.)

    As compras de Portugal aos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) desceram 46% de janeiro a julho deste ano e as exportações mantiveram-se praticamente inalteradas, melhorando a balança comercial para 1.078 milhões de euros.

    De acordo com os dados da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), com base nos números do Instituto Nacional de Estatística, a que a Lusa teve acesso, as exportações de Portugal para os PALOP subiram 0,5%, de 2.068 milhões de euros para 2.080 milhões de euros entre janeiro e julho deste ano face ao período homólogo de 2013.

    As importações, por seu lado, registaram uma significativa descida, passando de 1.856 milhões de euros nos primeiros sete meses para 1.002 milhões, o que representa uma descida de 46% e influencia decisivamente a balança comercial, que passou de 212 milhões de janeiro a julho de 2013 para 1.078 milhões nos primeiros sete meses deste ano.

    Estes dados agora revelados pela Lusa complementam a informação disponibilizada na segunda-feira pelo INE, que dava conta de um aumento total das exportações na ordem dos 1,5% e das importações de 4,9%.

    Assim, as exportações aumentaram 1,5% e as importações 4,9% no trimestre terminado em julho, face ao período homólogo, motivando um aumento do défice da balança comercial para 527 milhões de euros, divulgou na segunda-feira o INE.

    De acordo com o INE, esta evolução determinou uma diminuição da taxa de cobertura em 2,7 pontos percentuais (p.p.) para 82,6%. No trimestre anterior, de abril a junho, as exportações haviam recuado 0,5% e as importações tinham crescido 1,7%.

    As compras de Portugal a Moçambique desceram 53% entre janeiro e julho, passando de 25 para 11,7 milhões de euros, enquanto as vendas registaram uma diminuição de 9,4%, de 188,4 para 170,8 milhões.

    Já as compras de Portugal a Angola caíram 46,1% até julho, enquanto que as exportações subiram 1%, o que motivou uma significativa melhoria na balança comercial, que passou de -129 para 730 milhões de euros, favorável a Portugal.

    De acordo com os dados da AICEP, com base nos números do INE, as importações de bens e serviços angolanos por Portugal passaram de 1.824 milhões de euros para 983 milhões de euros, considerando os primeiros sete meses deste e do ano passado.

    Como as exportações de Portugal para Angola registaram apenas uma ligeira subida de 1%, de 1.695 para 1.713 milhões de euros, o saldo das trocas comerciais entre os dois países registou uma inversão significativa, passando agora a ser favorável a Portugal no conjunto dos primeiros sete meses. (dinheirovivo.pt)

     

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    PGR realça empenho no combate à criminalidade económico-financeira

    O Procurador-Geral da República (PGR), Hélder Pitta Groz, sublinhou esta sexta-feira, em Luanda, que o esforço e empenho da...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema