Domingo, Março 3, 2024
9.8 C
Lisboa
More

    Como resolver o ‘enigma de Einstein’ que supostamente só 2% das pessoas conseguem solucionar

    O chamado “enigma de Einstein” — aquele que, supostamente, apenas 2% da população podem resolver — está rodeado de outros enigmas.

    Não existem fontes confiáveis, nem estudos científicos, nada que possa comprovar se foi realmente Einstein quem propôs a charada e que 98% da humanidade não é capaz de resolvê-la.

    O certo é que o enigma e todas as suas variações espalharam-se rapidamente pela internet e pelos meios de comunicação. O problema chegou até a ser mencionado pela Universidade Stanford, nos Estados Unidos.

    O que diz o enigma?
    O enunciado da questão fornece 15 pistas sobre uma rua onde há cinco casas. Cada casa é de uma cor, cada morador tem uma nacionalidade, um animal de estimação, uma bebida e uma marca de cigarro — todos, diferentes.

    1. O britânico vive na casa vermelha.

    2. O sueco tem um cachorro.

    3. O dinamarquês toma chá.

    4. O norueguês mora na primeira casa.

    5. O alemão fuma Prince.

    6. A casa verde fica ao lado da branca, à esquerda.

    7. O morador da casa verde toma café.

    8. Quem fuma Pall Mall tem pássaros.

    9. O morador da casa amarela fuma Dunhill.

    10. O morador da casa central toma leite.

    11. Quem fuma Blends mora ao lado de quem tem um gato.

    12. Quem tem um cavalo mora ao lado de quem fuma Dunhill.

    13. Quem fuma Bluemaster toma cerveja.

    14. Quem fuma Blends mora ao lado de quem toma água.

    15. O norueguês mora ao lado da casa azul.

    O mito dos 2%

    Preciso abrir um parêntese neste artigo e aproveito para incentivar você a deixar de ler e tentar resolver a charada: não é verdade que apenas 2% da humanidade consegue chegar à solução.

    Com esta informação e se você achar oportuno, coloque este artigo de lado por algum tempo, pegue um lápis e papel e tente achar a resposta.

    Dito isto, prosseguimos rumo à solução. Existe uma forma gráfica de resolver o enigma… usando o PowerPoint!

    Se você já começou a resolver o problema, talvez tenha imaginado que é preciso preencher um quadro, usando as pistas até descobrir, afinal, quem é o dono do peixe. Este é um bom caminho. Mas, em vez de quadro, permita-me chamá-lo de tabuleiro.

    No texto abaixo, existe uma explicação passo a passo sobre como resolver o problema. Confira no vídeo como funciona essa solução.

    Vamos primeiro inserir retângulos em uma folha em branco do PowerPoint.

    Em seguida, colocamos todas as “cartas” disponíveis. A ordem, por enquanto, não importa – vamos incluindo simplesmente conforme elas aparecem.

    Teremos então algo assim (atenção: esta não é a solução; recomendo copiar o tabuleiro em branco em outro slide do PowerPoint, para ir preenchendo posteriormente):

    Agora, vem o X da questão.

    Veja no vídeo acima como resolver o problema com ajuda do PowerPoint.

    Vamos usar a função Agrupar do PowerPoint para entrelaçar as cartas com as pistas que já temos.

    Quando duas figuras são agrupadas, elas se fundem e se movem como se fossem uma só. Uso a tecla Control para selecionar as duas.

    Assim, agrupamos as células sabendo que a pista 1 diz: “o britânico vive na casa vermelha” e separamos essas cartas do tabuleiro.

    Prosseguimos com as pistas 2 e 3, movendo as cartas para mantê-las na fila e na coluna correspondentes (observe que a opção Trazer para a Frente, do PowerPoint, também pode ajudar). O sueco tem um cachorro e o dinamarquês toma chá.

    A pista 4 – “o norueguês mora na primeira casa” – é ainda mais fácil. Podemos incorporá-la diretamente ao tabuleiro final da solução.

    Vamos repetindo a operação Agrupar com as pistas 5, 6, 7, 8 e 9.

    A pista 10 – “o morador da casa central toma leite” – passa diretamente para o tabuleiro final.

    Com a pista 11 (“quem fuma Blends mora ao lado de um gato”), é preciso ter mais cuidado: “gato”vai ao lado de “Blends”, mas de qual lado?

    Precisamos deixar as duas opções disponíveis (esquerda ou direita) no tabuleiro.

    E, para não esquecer que as duas opções são da mesma combinação, deixamos com fundo amarelo.

    O mesmo acontece com a pista 12 (o cavalo ao lado de Dunhill). O fato de que Dunhill já esteja agrupado com a casa amarela não chega a ser um problema – o cigarro é devolvido ao tabuleiro para manter as distâncias.

    A esta altura, já não é preciso muito esforço para incluir a pista 13, que indica que Bluemaster vai com a cerveja.

    Mas é preciso prestar atenção na pista 14: “quem fuma Blends mora ao lado de quem toma água”. Com “Blends”, já tínhamos duas opções no quadro amarelo. Quem toma água pode ficar de um lado ou do outro e, por isso, surgem quatro possibilidades.

    E, por último, vem a pista 15 – “o norueguês mora ao lado da casa azul”. Esta passa diretamente para o tabuleiro final.

    Depois de analisadas todas as pistas (o peixe, por sinal, não aparece em nenhuma delas), passamos a jogar para ver onde entra cada uma elas.

    Para isso, trazemos o tabuleiro final para o primeiro slide (ou o contrário, não serei eu a dizer como jogar).

    Agora, vamos tentar. Primeiro, vamos incluir as palavras que têm apenas uma opção. Por exemplo, os grupos “Pall Mall – pássaros” e “britânico – vermelha” cabem em vários locais, mas “verde – branca – café” só se encaixa em um.

    O que nos deixa apenas uma opção para o grupo “britânico – vermelha”. Vamos colocar!

    O espaço vazio na linha das cores só pode ser “amarela”, que tinha duas opções de inclusão no tabuleiro. Como não pode haver nada à esquerda, será a opção de cima.

    A partir de agora, tudo se complica, principalmente para quem tentou resolver com lápis e papel. Isso porque todos os grupos têm várias opções.

    Nossa única alternativa é o conhecido “azar de goleiro” – ou seja, fazer suposições, como se estivéssemos resolvendo um sudoku. Vamos supor, por exemplo, que o grupo “cerveja – Bluemaster” entre na casa azul.

    Com isso, ficamos apenas com as opções “dinamarquês – chá” na casa branca e “alemão – café”, na verde.

    Mas atenção! Agora, não temos onde colocar o grupo “sueco – cachorro”. Por isso, a hipótese “cerveja – Bluemaster” na casa azul está errada. Ela deve ir para a casa branca. É preciso desfazer tudo…

    Agora, sim. Podemos começar a preencher novamente.

    E atenção! Habemus dono do peixe! Bingo!

    Afinal, quem é o dono do peixe?

    A conclusão é que o dono do peixe é um alemão que mora em uma casa verde, toma café e fuma Prince. Viva!

    Espero que tenha sido interessante e incentivo você a desafiar seus amigos a tentar resolver o problema.

    Receba um abraço enigmático!

    * José María Manzano Crespo é professor de sistemas e automação da Universidade Loyola Andaluzia, na Espanha.

    Por José María Manzano Crespo

    Publicidade

    spot_img
    FonteBBC

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Líder da Junta Militar do Chade anuncia candidatura depois do assassinato do líder da oposição

    O líder da Junta Militar do Chade, Mahamat Idriss Deby Itno, anunciou neste sábado, 2, a sua candidatura às...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema