Terça-feira, Março 5, 2024
10.7 C
Lisboa
More

    City-Chelsea, 1-1. O azul troca as voltas a Lampard (e vice-versa)

     Lampard (Andrew Yates / Reuters )
    Lampard
    (Andrew Yates / Reuters )

    City (só com dez) reage ao golo de Schürrle através do suplente Lampard, com o ar mais contrariado do mundo (e da Premier League)

    A Premier League é óptimo lugar para se viver. Os acontecimentos ímpares atropelam-se sistematicamente. A propósito, mind the gap.

    Um exemplo? O Arsenal precisa apenas de 192 segundos para marcar três golos ao Aston Villa, em Birmingham, cortesia Özil, Welbeck e autogolo de Cissokho (esse mesmo, o do trajecto Vitória de Setúbal-FCP-Lyon em meio ano).

    Outro exemplo? É a primeira vez em 22 anos que o United perde um jogo depois de se ter colocado em vantagem por 2-0. Falcao assiste Van Persie aos 13’, Di María amplia aos 16’. Rojo permite o 1-2 de Ulloa mas Herrera assina o 1-3. Intervalo. Na segunda parte, o Leicester é avassalador com um penálti e outro a fechar. Pelo meio, o recém-entrado Mata (para o lugar de Di María) oferece os outros dois golos, 5-3.

    Só mais exemplo? Vamos a isso. É dia de jogo grande em Manchester, entre o campeão_City e o_líder Chelsea. De um lado, Hart; Zabaleta, Mangala, Kompany e Kolarov; Milner, Fernandinho, Touré e Silva; Dzeko e Agüero. Do outro, Courtois; Ivanovic, Cahill, Terry e Azpilicueta; Ramires e Matic; Willian, Fàbregas e Hazard; Diego Costa.

    A primeira parte é aborrecida. Só dá City (72% de posse de bola) mas não se vê uma defesa digna desse registo de Courtois. Há faltas em demasia e seis amarelos (4-2 para o City). Na ressaca do intervalo, o ritmo mantém-se inalterado até que Zabaleta é expulso com duplo amarelo por falta por trás sobre Diego Costa, que vê um amarelo nesse lance por se atirar ao lateral argentino. Seis minutos depois,_o alemão Schürrle marca no segundo remate à baliza do Chelsea, 0-1.

    Aos 78’, o momento do jogo com a entrada de Frank Lampard. De azul vestido. O do City. Os adeptos aplaudem-no. Os do Chelsea, onde ele passara as últimas 13 épocas. No meio dessa euforia, Diego Costa acerta no poste de Hart e o_Chelsea é dono do jogo, a caminho da sexta vitória seguida em outras tantas jornadas.

    Até que Silva liberta Milner e o cruzamento deste é finalizado por Lampard. Atenção, mind the gap. Zero de emoção nos festejos, o homem é Chelsea da cabeça aos pés. Só lhe falta a camisola da Samsung. “Foi um golo difícil. Não seria profissional se entrasse em campo e não fizesse o meu trabalho. Passei anos fantásticos com os adeptos do Chelsea e fiquei confuso mas muito feliz pelo empate da minha equipa.” Mais à frente: “Estou sem palavras, não esperava entrar e marcar. Os adeptos do Chelsea cantaram o meu nome quando entrei em campo, foi um momento emocionante. Não é fácil explicar aquilo que estou a sentir.”

    No banco, Mourinho lança Drogba por Diego Costa. Em vão, o empate contra 10 manter-se-á. “Talvez eu seja demasiado pragmático no futebol, mas quando ele [Lampard] decidiu ir para o Manchester City, as histórias de amor acabaram. Fez o trabalho dele como profissional”, diz Mou. E não só. Lampard acaba o jogo (12 minutos apenas) com tantos remates à baliza como o Chelsea (três). Mais: Lampard é o terceiro jogador da Premier a marcar em 18 edições seguidas (Giggs-21, Scholes-19). Mind the gap, génio e figura. (ionline.pt)

    por Rui Tovar

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Emirados Árabes Unidos convocarão uma reunião sobre financiamento climático em preparação para a COP29

    Os Emirados Árabes Unidos reunirão representantes dos países e líderes de instituições financeiras globais numa reunião especial em junho,...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema