Domingo, Abril 14, 2024
21.6 C
Lisboa
More

    CIPE espera alcançar os objectivos em 2012

    A Comissão Interministerial para o Processo Eleitoral está confiante em atingir os cem por cento (100%) durante a segunda fase do processo de actualização e registo eleitoral, a julgar pelos resultados alcançados na primeira, terminada a 16 de Dezembro último.

    Esta confiança foi transmitida pelo vice-ministro da Administração do Território, Adão de Almeida, quando falava na reunião de balanço da primeira fase do processo, que decorre no Instituto de Formação de Administração Local, em Luanda. Para o responsável, a primeira fase decorreu de forma satisfatória, tendo em conta a grande afluência de cidadãos às brigadas, não obstante vários constrangimentos registados.

    De acordo com o relatório, um total de cinco milhões, 287 mil e 769 cidadãos, a nível nacional, foram cadastrados, dos quais quatro milhões, 794 mil e 386 fizeram a sua actualização, escolhendo o local de voto, alterações de residência, bem como a aquisição de segundas vias de cartões de eleitores.

    Foram registados 493 mil e 383 cidadãos pela primeira vez, adquirindo o estatuto de eleitores.

    Relativamente à fiscalização, referiu terem sido credenciados 46 partidos políticos, num universo total de quatro mil e 325 documentos emitidos.

    Estes números, de acordo com o vice-ministro, dão alguma satisfação, já que estão acima da média, ultrapassando os 50% do global previsto. Pontualizou que, em algumas províncias, os resultados atingiram os 70%, noutras 60%, mas há algumas que inspiram alguma preocupação, pois a cifra aproximou-se aos 50%, devendo merecer maior atenção na segunda fase.

    Adão de Almeida enalteceu o trabalho realizado pelas representações provinciais e municipais da Comissão Interministerial para o Processo Eleitoral.

    Realçou o facto de na última reunião do Conselho da República, orientada pelo Chefe de Estado, ter-se reconhecido este aspecto, nota que deverá servir de incentivo para o trabalho a ser realizado na segunda fase, em 2012.

    “Não temos a missão cumprida, pois temos grandes desafios pela frente.

    Será fundamental não esmorecer. Os resultados são positivos, mas ainda não podemos descansar”, apelou.

    Por isso, exortou os representantes provinciais da CIPE a redobrar esforços e continuar com o mesmo nível de empenho, para que, em 2012, se cumpra a missão de cadastar novos eleitores e actualizar os já existentes, tendo em vista um bom pleito eleitoral.

    Teremos de criar condições para que naquelas províncias onde o processo registou alguns constrangimentos o trabalho corra com normalidade.

     

    Fonte: O País

    Foto: O País

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Irão lança ataque com mais de 100 drones contra Israel em retaliação

    O Irã lançou um ataque com drones contra Israel em um ato de retaliação, neste sábado (13). “Compreendemos essas...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema