Sábado, Março 2, 2024
14.8 C
Lisboa
More

    Chefes de Estado e de Governo começam a chegar terça-feira para CIRGL

    Logotipo da V Cimeira Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos (ANGOP)
    Logotipo da V Cimeira Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos (ANGOP)

    Luanda – Chefes de Estado e de Governo participantes na V Cimeira Internacional sobre a Regiao dos Grandes Lagos (CIRGL) começam a chegar a meio da tarde de terca-feira a Luanda, para o evento, a ter lugar no dia seguinte (15).

    “Promovamos a paz, segurança, estabilidade e desenvolvimento na Regiao dos Grandes Lagos” é o lema deste fórum, onde a República de Angola assumirá os destinos deste organismo regional continental de África, em substituição do Uganda depois de dois anos de presidência rotativa.

    Ainda para terça-feira, o programa desta Cimeira, a que a Angop teve acesso, reserva, unicamente, um “jantar oficial”, a ser oferecido por José Eduardo dos Santos, Presidente da República de Angola aos Chefes de Estado e de Governo, chefes de delegação e convidados, no hotel de Convenções de Talatona.

    A cerimónia solene de abertura da V Cimeira Ordinária de Chefes de Estado e de Governo terá lugar na quarta-feira antecedida de uma saudação militar, manifestações culturais e fotografia de família.

    Depois da entoação dos hinos da República de Angola e da União Africana discursará o Chefe de Estado Angolano, José Eduardo dos Santos e os enviados especiais da União Africana para a Região dos Grandes Lagos e o das Nações Unidas para a mesma área, assim como Yoweri Museveni, Presidente da República do Uganda e em exercício da CIRGL.

    Uma informação sobre a situação de segurança nos países membros da Região dos Grandes Lagos e a conclusão do diálogo de Kampala (Uganda), assim como a aprovação do orçamento da CIRGL para 2014/2015, entre outros aspectos, serão apresentados na ocasião.

    A CIRGL foi criada após os conflitos políticos que marcaram a Região dos Grandes Lagos, em 1994, cujo resultado marcou o reconhecimento da sua dimensão e a necessidade de um esforço concentrado com vista à promoção da paz e do desenvolvimento na região.

    O Secretariado Executivo foi inaugurado em Maio de 2007, em Bujumbura, e tem a função de coordenar, facilitar e assegurar a implementação do pacto para criar as condições de paz, segurança, estabilidade política e desenvolvimento na Região dos Grandes Lagos.

    O actual secretário executivo é congolês democrático, eleito em Dezembro de 2011, e a presidência da CIRGL está com o Uganda desde 2011.

    A CIRGL integra Angola, Burundi, República Centro-Africana (RCA), República do Congo, República Democrática do Congo (RDC), Quénia, Uganda, Rwanda, Sudão, Sudão do Sul, Tanzânia e Zâmbia. (portalangop.co.ao)

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    PGR realça empenho no combate à criminalidade económico-financeira

    O Procurador-Geral da República (PGR), Hélder Pitta Groz, sublinhou esta sexta-feira, em Luanda, que o esforço e empenho da...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema