Quarta-feira, Fevereiro 21, 2024
19.2 C
Lisboa
More

    Cerimónia de abertura do Fenacult2014 com mais de 600 figurantes

    A cerimónia de abertura do Festival Nacional de Cultura (Fenacult) a ter lugar no dia 30 deste mês no estádio 11 de Novembro, em Luanda, vai juntar 625 figurantes com a missão de recriarem a história de Angola.

    Fenacult - Festival Nacional de Cultura (Foto: Cedida por Bartolomeu Nacimento)
    Fenacult – Festival Nacional de Cultura (Foto: Cedida por Bartolomeu Nacimento)

    Segundo a coreógrafa Ana Clara Guerra Marques, responsável pelo espectáculo de abertura do evento que decorrer sob o lema a cultura como factor de desenvolvimento e de paz, trata-se de um espectáculo criado sobre uma base audiovisual original com animação 3D mapeada sobre o campo onde participarão centenas de figurantes, numa coreografia especialmente desenhada para ser articulada com as projecções vídeo, música original e show de luzes.

    “Este espectáculo tem a característica de ser o primeiro do género a ser concebido e implementado em África. De uma forma artística, multimédia será contada a história do país, enfatizando as conquistas da paz e os nossos valores culturais, naturais e ecológicos, onde estarão presentes a dança, o canto, os instrumentos musicais e também o progresso tecnológico e o desenvolvimento social da Angola soberana”, disse a responsável em declarações a Angop.

    O espectáculo contará com a participação de 625 intérpretes, entre os quais 202 cantores, que constituirão um coral gigante, 82 bailarinos, 337 efectivos das Forças Armadas Angolanas.

    Para além dos intérpretes estará envolvidas uma equipa criativa com mais de 10 artistas e uma equipa técnica com mais de 30 elementos.

    Ana Clara Guerra Marques avançou que a primeira parte da apresentação culminará com fogo-de-artifício, numa apoteose de alegria e cor, ao que se seguirá um concerto com alguns dos mais renomados artistas da música angolana.

    O Fenacult servirá como ponto de promoção da coesão, unidade e da diversidade cultural de Angola, bem como da preservação e divulgação da identidade nacional.

    Consta entre os propósitos, revisitar o estado actual do sector cultural, dar oportunidade aos criadores angolanos de se apresentarem com um espírito de intercâmbio e de celebração cultural.

    Destinado a homenagear o Presidente José Eduardo dos Santos, pelo seu papel na defesa da angolanidade, empenho e dedicação em prol da valorização e desenvolvimento das artes e da cultura angolana, o Fenacult vai congregar actividades relacionadas com as artes cénicas, dança, música, artes plásticas, literatura, entre outras modalidades.

    O evento vai igualmente servir para assinalar o 90º aniversário do nascimento do primeiro presidente de Angola, António Agostinho Neto.

    O Executivo pretende ainda, com o Fenacult, desenvolver as premissas para a implementação da política cultural em interacção e articulação com o sector público, privado e o terceiro sector, divulgar e valorizar as artes e manifestações culturais, populares e tradicionais, o consumo e a valorização dos bens culturais nacionais, mediante a criação de redes culturais a nível local, nacional e internacional. (portalangop.co.ao)

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Angola reafirma compromisso com Programa de Acção de Doha

    Angola reafirmou, esta segunda-feira, na sede das Nações Unidas (ONU), em Nova Iorque, o seu compromisso com...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema