Portal de Angola
Informação ao minuto
Categoria do Título da Página

Registo de Memórias

Angola assinala dia da Expansão da Luta de Libertação Nacional

Angola assinala nesta sexta-feira, o 15 de Março, Dia da Expansão da Luta de Libertação Nacional. Esta efeméride foi instituída a 10 de Agosto de 2018 depois da aprovação, pelo Parlamento Angolano, da Proposta de Lei de Alteração à Lei dos Feriados Nacionais, Locais e Datas de Celebração Nacional, avança a Angop. Enquadrada nas datas de celebração nacional, o Dia da Expansão da Luta de Libertação Nacional serve para lembrar o ataque perpetrado por angolanos afectos ao embrião da União dos Povos de Angola (UPA) no Norte…

“Guerra dos 55 dias no Huambo” foi há 26 anos

Assinala-se hoje, 06 de Março, 26 anos sobre os «55 dias da guerra do Huambo» que opôs as forças do Governo às da UNITA pela tomada da cidade capital do planalto central. Foi, sem dúvidas, um dos capítulos mais sangrentos na guerra urbana angolana que se seguiu às eleições de 1992, na qual morreram milhares de pessoas, outros tantas ficaram feridas e a cidade ficou quase que reduzida aos escombros. Muitas da vítimas sucumbiram como resultado dos tiroteios, dos bombardeamentos da artilharia, aviação, à fome, de…

Jonas Savimbi morreu há 17 anos

Jonas Savimbi, fundador da UNITA, morreu há 17 anos. Para assinalar a efeméride, o partido que fundou há sensivelmente 53 anos realiza uma conferência em alusão ao 17º aniversário da sua morte. A conferência decorre no Centro de Convenções de Talatona e nela participam membros do corpo diplomático acreditado em Angola, académicos, estudantes e demais interessados, escreve o JA. Nascido a 3 de Agosto de 1934 no Munhango, província do Bié, Jonas Malheiro Savimbi fundou a UNITA a 13 de Março de 1966. Nas primeiras…

Congresso Pan-Africano foi há 100 anos em Paris

O primeiro Congresso Pan-Africano realizou-se na capital francesa em 1919. Saía, assim, do papel o ambicioso plano traçado pelo norte-americano W.E.B Du Bois: dar voz ao continente africano no espetro mundial. Segundo escreve a DW África, há 100 anos, a Alemanha tinha acabado de perder a I Guerra Mundial. E Versalhes, em Paris, tinha sido o local escolhido para a negociação de um tratado de paz. O contexto ideal para este primeiro Congresso Pan-Africano, considerou W.E.B Du Bois, considerado um dos pais do…

Pátria presta tributo aos heróis

Angola celebra hoje o 58º aniversário do 4 de Fevereiro, Dia do Início da Luta Armada de Libertação Nacional, cujo acto central decorre em Cabinda, orientado pelo ministro da Administração do Território e Reforma do Estado, Adão de Almeida, noticia o Jornal de Angola. Segundo o programa disponibilizado pelo Ministério da Administração do Território e Reforma do Estado, departamento ministerial responsável pelas efemérides, as comemorações visam destacar o exemplo dos Heróis do 4 de Fevereiro para as novas gerações,…

Governo de Transição foi há 44 anos

Completam-se hoje 44 anos desde a primeira tentativa de formação e funcionamento de um Governo de Transição, que iria conduzir os destinos do país de 31 de Janeiro de 1975 até finais do ano para a realização de eleições gerais para a escolha do Presidente da República e do Parlamento da Angola independente de Portugal. O processo começou bem, pode dizer-se assim, fruto do compromisso a que Agostinho Neto, líder do MPLA, Holden Ro-berto, chefe da FNLA e Jonas Savimbi, dirigente da UNITA, tinham chegado para irem ao Alvor,…

Município do Quela acolhe acto central do 4 de Janeiro

O acto central em alusão ao 58.º aniversário em alusão aos Mártires da Repressão Colonial acontece amanhã no município do Quela, na província de Malanje, indica uma nota do Ministério dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria. O acto que marca os 58 anos do Massacre na Baixa de Cassanje é presidido pelo ministro dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria e decorre sob o lema "Com o espírito do 4 de Janeiro, construamos um país estável". De acordo com o programa a que o Jornal de Angola teve acesso, está…

17 de Dezembro de 1663: Morre a célebre Rainha Njinga

Dados bem avançados atestam a provável data do nascimento da Rainha Njinga, em 1582. Todos os registos consultados até hoje apontam que era bela, muito linda e inteligente, a negra. Filha do Soberano Njinga a Mbande Ngola a Kilwanji Kya Samba e de Kengela a Khangombe. Todavia, ela, de seu nome completo Njinga Kangola a Mbande (kangola significa príncipe ou princesa) nasce num período conturbado em que os portugueses completavam cem anos de permanência em Angola e fustigavam fortemente pelas armas, a terra de seu pai, o…

Otelo aconselhou Fidel Castro a avançar rumo a Angola

Em 1975, MPLA, UNITA e FNLA estavam em guerra pelo poder em Angola. Na disputa participaram várias forças internacionais, em apoio do MPLA. Otelo terá ajudado a convencer Fidel a enviar tropas para a ex-colónia. O assunto era secreto. Por isso, era necessária máxima discrição. Enquanto uma delegação de portugueses e cubanos almoçava no restaurante "Los Canaviales", perto da capital cubana Havana, o militar da revolução portuguesa Otelo Saraiva de Carvalho e Raúl e Fidel Castro foram para uma sala mais isolada. Em cima da…

PR condecora campeões do mundo

Os atletas da selecção nacional de futebol para amputados foram neste sábado condecorados pelo Presidente da República, João Lourenço, com a medalha de Bravura e do Mérito Cívico e Social 1ª classe. No acto de outorga foi também condecorado Demarte Pena, lutador angolano de artes marciais mistas (MMA) com a medalha de Bravura e do Mérito Cívico e Social 1ª classe. O antigo capitão da selecção nacional de futebol Fabrice Maieco “Akwá” foi agraciado com a medalha de Bravura e do Mérito Cívico e Social 2ª classe. A…

Primeira delegação oficial do MPLA que chegou a Luanda completou ontem 44 anos

O calendário assinala, nesta quinta-feira (08), 44 anos da chegada da primeira delegação oficial do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA) a Luanda. Com a assinatura, a 21 de Outubro de 1974, nas chanas de Lunyameji, então distrito do Moxico, do Acordo de Cessação de Hostilidades entre o MPLA e o Governo português, iniciava-se o eclipse do sistema colonial em Angola, instalado desde finais do Século 15. Esse acordo pôs termo a 13 anos de Luta Armada de Libertação Nacional, iniciada pelo MPLA a quatro de…

Agostinho Neto morreu há 39 anos

O primeiro Presidente de Angola, António Agostinho Neto, que proclamou a independência nacional a 11 de Novembro de 1975, morreu num dia como hoje, por doença, em Moscovo, na ex-União das Repúblicas Socialistas Soviéticas(URSS). Nascido aos 17 de Setembro de 1922, em Icolo e Bengo, António Agostinho Neto foi secretário-geral da delegação da Casa dos Estudantes do Império, em Coimbra, Portugal. Foi membro fundador do Centro de Estudos Africanos em conjunto com Amílcar Cabral, Mário Pinto de Andrade, Marcelino dos Santos e…

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »