Portal de Angola
Informação ao minuto
Categoria do Título da Página

Ministério da Saúde

Angola precisa de 30 mil médicos

Angola precisa de 30 mil médicos para corresponder as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), que determina, para o continente africano, o rácio de um médico para dois mil habitantes. Em entrevista exclusiva à Angop, a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, informou que o rácio actual do país é de um médico para cinco mil habitantes, mas que há um grande esforço das autoridades para melhorar a assistência médica. Ao falar do estado da saúde em Angola, revelou que, actualmente, existem seis mil e 19 médicos,…

Ministra destaca dedicação e empenho dos profissionais da saúde

A ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, enalteceu hoje, segunda-feira, a competência, empenho, responsabilidade, dedicação e amor dos profissionais de saúde nos cuidados para com o doente,escreve a Angop. Numa nota de imprensa, em alusão ao Dia Mundial do Doente que hoje se assinala, a ministra manifestou a sua solidariedade para com os que se ocupam dos cuidados e bem-estar dos cidadãos nas mais variadas tarefas das estruturas sanitárias espalhadas pelo país, bem como o seu apreço a todos os doentes. Na mensagem,…

Novo hospital de Maquela do Zombo entra em funcionamento

Os habitantes do município de Maquela do Zombo, na província do Uíge, beneficiaram de um novo hospital municipal, inaugurado segunda-feira pela ministra da Saúde, Sílvia Lutukuta, escreve a Angop. A nova unidade sanitária, com capacidade para 76 camas, vai cuidar de casos complicados que anteriormente eram transferidos para a cidade do Uíge, nomeadamente complicações obstétricas e traumatismos provocados por acidentes, disse a ministra da Saúde. Informou que o Executivo está determinado em oferecer bons serviços de…

Ministra garante formação contínua dos quadros da saúde

A ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, garantiu nesta quinta-feira, em Moçamedes, a aposta na formação contínua dos quadros de determinadas áreas de especialidade, com vista a colmatar o déficit de técnicos em determinadas áreas específicas de saúde. Segundo a Angop, a ministra, que falava à imprensa após visita , em menos de três horas, das obras do Hospital Ngola Kimbanda, afirmou que a aposta na formação será um ganho para o sector em termos de qualidade de trabalho e eficiência, dai a razão de se apostar seriamente na…

Dois mil pacientes atendidos na noite de passagem de ano no país

Dois mil pacientes foram atendidos, maioritariamente na área de cirurgia, nas unidades sanitárias do país durante à noite de passagem de ano, avançou nesta terça-feira, em Luanda, a ministra da Saúde, Sílvia Lutukuta. Trata-se de pacientes com ferimentos de armas brancas, de fogo, acidentes de viação, diabetes e hipertensão descompensada por excesso, bem como acidentes vasculares cerebral (AVC). No Hospital Américo Boavida foram registados, nas últimas 24 horas, 98 casos, uma redução de 14 comparativamente ao ano de…

Secretário de Estado da Saúde Pública avalia situação do sector no Uíge

A actual situação do funcionamento do sector da saúde no Uíge esta a ser avaliada pelo Secretario de Estado para a Saúde Pública, José Manuel Vieira Dias da Cunha, que chegou quinta-feira a província, para uma visita oficial de dois dias. De acordo com a Angop, depois do desembarque, o governante partiu para o município do Songo, região com mais de 65.200 habitantes, distanciada a cerca de 40 quilómetros da cidade do Uíge, onde visitou o hospital local, para inteirar-se da forma de assistência a população. Naquela…

Vacina contra raiva chega a Angola depois de 189 mortes este ano

A ministra da Saúde garantiu que Angola já tem vacinas contra a raiva para humanos, doença que já provocou 189 mortes em 2018, depois de uma rutura total de stock registada este ano. Sílvia Lutucuta respondia aos deputados numa sessão de consulta aos governantes da área social, no âmbito da discussão na especialidade do Orçamento Geral do Estado (OGE) para 2019. De acordo com Sílvia Lutucuta, o Ministério da Saúde tem uma "grande preocupação" em relação à raiva, razão pela qual tem estado a trabalhar também com o…

Minsa cria gabinetes de ética e humanização

Gabinetes de ética e humanização com objectivo de formar quadros para o atendimento ao público serão criados em 2019, em todo país, pelo Ministério da Saúde (Minsa) junto dos hospitais de referência, anunciou hoje, quinta-feira, no Lubango, a titular da pasta, Sílvia Lutukuta. Segundo a governante que trabalha na província, a primeira experiência foi feita em Luanda, onde diariamente são recepcionadas várias reclamações sobre o funcionamento hospitalar e, tem ajudado na melhoria da prestação de serviços aos utentes, quer…

Saúde abre concurso público com apelo à transparência

A ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, pediu ontem, no município do Ambriz, província do Bengo, aos candidatos ao concurso público de admissão a não pagarem qualquer valor monetário antes e depois da inscrição. Sílvia Lutucuta, que falava no acto de abertura das inscrições do concurso público nacional no sector da Saúde, realçou que ninguém deve pagar seja o que for em todo o processo de inscrição do concurso público. A ministra disse que o lançamento ontem do concurso público visa dar, de forma gradual, soluções à…

Ministra reitera abertura do concurso público na saúde

O concurso público para a admissão de novos funcionários para o sector da saúde no país poderá ser aberto nos próximos dias segundo revelou segunda-feira, no município do Bula Atumba, província do Bengo, a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta. Em visita de trabalho de trabalho a província do Bengo, a ministra referiu que a abertura do processo “está mais perto do que nunca”. “Já foi feito o despacho conjunto pelo MAT (Ministério da Administração do Território e Reforma do Estado) que já passou pelas Finanças, Maptss…

Minsa e Fundo Global assinam acordo de financiamento

Um acordo para o financiamento de projectos de controlo da malária e VIH/Sida em Angola foi rubricado hoje, em Luanda, entre o Ministério da Saúde (Minsa) e o Fundo Global. O referido financiamento para um período de três anos, visa melhorar a saúde da população e reduzir o número de mortes por malária, a principal causa de óbito em Angola, a tuberculose, cuja tendência é de aumento de casos, e VIH/Sida. Em declarações à imprensa, a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, disse que os valores financiados pelo Fundo Global…

Angola vai instalar 50 pontos de telemedicina em todo o país

Angola vai ter 50 pontos de telemedicina, sobretudo nas províncias que registam doenças mais endémicas, como a malária, anunciou hoje a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, referindo que o país está a completar uma década de uso de telemedicina. "Estamos já a trabalhar com o Ministério das Telecomunicações e Tecnologias e Informação. Por esta altura vão ser colocados 50 pontos de telemedicina nas províncias mais endémicas, em que por exemplo temos mais malária e outras doenças", explicou a ministra. A governante falava…

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »