Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto
Categoria do Título da Página

Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos

Caso general Andrade: Executivo denuncia chantagem de empresa americana

As autoridades angolanas qualificaram nesta quinta-feira, em Luanda, como "chantagem política para extorsão de dinheiro" todas as acções empreendidas pela empresa americana África Growth Corporation (AFGC), que visam prejudicar os esforços do Executivo para recuperar o seu bom nome e reputação internacional. De acordo com Angop, em conferência de imprensa, dirigida pelo ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Francisco Queiróz, e presenciada pela sub-procuradora geral da República, Eduarda Rodrigues, as autoridades…

Justiça destaca acção contra corrupção

As acções desenvolvidas pelo Executivo angolano no domínio do combate à corrupção, sob a liderança do Presidente João Lourenço, foram destacadas esta quarta-feira, em Paris (França), pelo ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Francisco Queiroz. Segundo soube a Angop de fonte oficial, o ministro fez uma síntese das acções levadas a cabo, nos últimos 18 meses pelo Governo angolano, no domínio da Corrupção e Integridade. No evento, que decorre de 20 a 21 de Março, Francisco Queiroz disse que o novo ciclo político,…

Ministro da Justiça no Fórum Mundial Anti-corrupção em França

O ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Francisco Queiroz, deixa hoje (terça-feira) Luanda com destino a Paris, França, para participar, em representação do Presidente da República de Angola, João Lourenço, no Fórum Mundial Anti-corrupção e integridade. O Fórum realiza-se de 20 a 21 de Março. De Paris, o ministro viaja em visita oficial à China, no dia 22 deste mês, onde manterá encontros de trabalho com o ministro da Justiça da China e com o presidente do Tribunal Supremo. Na sua estada de 6 dias nas cidades de…

Executivo publica lista dos projectos ruinosos que lesaram o Estado

O ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Francisco Queiroz, garantiu que o Executivo vai revelar nos próximos dias os investimentos privados feitos com recurso a fundos públicos que lesaram o Estado em cerca de 5 mil milhões de dólares, escreve o JA. “Vamos aguardar que as coisas evoluam e, depois, a sociedade há-de saber o que fazer. Foram anunciados genericamente, agora creio que haverá um momento em que será anunciado de forma mais circunstancial”, disse o ministro à imprensa, em Benguela. O Estado foi lesado…

Ministro da Justiça exorta pais ao registo massivo dos filhos

O ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Francisco Queiroz, exortou esta quarta-feira, em Luanda, os pais a assumirem as suas responsabilidades de registo dos filhos, para que estes tenham uma identidade e acesso aos serviços básicos como educação e saúde. Dados oficiais apontam que em Angola apenas 25% das crianças com menos de cinco anos de idade são registadas. Um estudo realizado como parte do Programa Nascer com Registo mostrou que a fuga à paternidade é uma das causas desse baixo número de crianças registadas.…

Ministro esclarece sobre “operação transparência” na União Africana

Francisco Queiroz encontrou-se com o representante da Comissária da União Africana para os Assuntos Políticos à margem da reunião do Comité Técnico Especializado (CTE) em matéria de Justiça e dos Direitos Humanos, que decorreu de Quinta-feira a Sexta-feira, na capital etíope, escreve o Jornal O País. O ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Francisco Queiroz, reuniu-se, no último fim de semana, na sede da União Africana, com o director do Departamento de Assuntos Políticos, Khabele Matlosa, para desmentir…

Ministros e procuradores apreciam tribunal africano sobre direitos humanos

Os ministros da justiça e procuradores gerais dos países membros da União Africana (UA) vão apreciar a proposta de alteração do protocolo à Carta Africana dos Direitos Humanos e dos Povos relativos ao Estabelecimento do Tribunal Africano dos Direitos Humanos. O ministro angolano da Justiça e dos Direitos Humanos, Francisco Queiroz, deixou nesta quarta-feira a cidade de Luanda, com destino a Adis Abeba (Etiópia), para participar de 29 a 30 do corrente mês, na reunião de ministros e procuradores gerais da União Africana…

Secretádio de Estado em Viena para prevenir crime transnacional

Uma delegação angolana, encabeçada pelo secretário de Estado para a Justiça, Orlando Fernandes, participa desde segunda-feira em Viena, Áustria, na 9ª sessão da Conferência dos Estados Parte da Convenção das Nações Unidas Contra a Criminalidade Organizada Transnacional. A delegação angolana pretende colher subsídios, para que Angola adapte cada vez mais os seus mecanismos, relativamente aos desafios globais no combate ao crime organizado transnacional, e as formas de protecção e tratamento das vítimas. Ao intervir na…

Direitos humanos analisados hoje em Luanda com os Estados da União Europeia

O ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Francisco Queiroz, reúne-se hoje, em Luanda, com os embaixadores dos Estados-membros da União Europeia, para tratar de assuntos relacionados com os direitos humanos, no âmbito da parceria estratégica do Executivo com este bloco continental. O encontro, que acontece na sala de reuniões do Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos, aborda essencialmente os desafios do país no âmbito da protecção e promoção dos direitos humanos a nível nacional, regional e internacional. O…

Ministro da Justiça denuncia existência de países que estão a dificultar o repatriamento de capitais

O ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Francisco Queiroz, denunciou ontem, em Luanda, a existência de países que não estão a colaborar no processo de repatriamento de capitais. Francisco Queiroz falava aos jornalistas numa conferência nacional do programa de apoio à consolidação do Estado de Direito nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e Timor Leste (PACED) sobre o tema “Perda de valores e recuperação de activos”. Segundo o ministro, a dificuldade nas operações de regresso dos activos…

Transladação dos restos mortais de “Ben Ben” concorre para unidade e reconciliação

A transladação dos restos mortais do general Arlindo Chenda Pena "Ben Ben", da África do Sul para Angola, corresponde a vontade do Presidente da República, João Lourenço, de reconciliar a grande família angolana e reforçar a unidade nacional. A afirmação é do ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Francisco Queiroz, quando discursava nesta quinta-feira, na cidade de Pretória, África do Sul, na cerimónia de transladação dos restos mortais do general Ben Ben, que faleceu naquele país há 20 anos, por doença.…

Corruptos serão responsabilizados criminalmente – Francisco Queiroz

A segunda fase da campanha de moralização para o combate à corrupção e à impunidade no Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos decorre já no próximo mês, com a monotorização de falhas no cumprimento da lei, das boas práticas e princípios de boa governação. As acções incidem na realização de auditorias internas ou externas regulares. “Os resultados estão a ser aplaudidos pelos participantes e decorrem até ao presente momento num ritmo bastante satisfatório”, afirmou uma fonte, sublinhando que a terceira fase vai…

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »