Portal de Angola
Informação ao minuto
Categoria do Título da Página

Ministério da Economia

Assistência financeira do FMI a Angola irá reduzir rácio do serviço da dívida/receitas fiscais

O Governo angolano defendeu, em Luanda, que a intenção de recorrer ao programa de assistência financeira do Fundo Monetário Internacional (FMI), se aprovado, permitirá reduzir significativamente o rácio da dívida/receitas fiscais no país, atualmente nos 114%. A explicação foi dada sábado pelo ministro de Economia e Planeamento de Angola, Pedro da Fonseca, na apresentação do Plano de Desenvolvimento Nacional (PDN) aos membros, militantes e simpatizantes do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA, no poder), que…

Executivo pretende integração da economia informal na formal

O ministro da Economia e Planeamento, Pedro Luís da Fonseca, afirmou nesta terça-feira, em Luanda, que face ao papel não negligenciável da economia informal, o Executivo se propõe promover a sua integração progressiva na economia formal, tendo para o efeito identificado as políticas e programas que concorrem para a sua materialização. O governante fez este pronunciamento quando discursava no encerramento da mesa redonda sobre a economia informal que decorreu durante dois dias, numa iniciativa da Fundação Sagrada…

Governante diz que plano de desenvolvimento até 2022 centra-se no bem-estar

O ministro da Economia e Planeamento de Angola, Pedro Luís da Fonseca, afirmou hoje que o Plano de Desenvolvimento Nacional (PDN) do país 2018-2022 tem como "eixo nuclear o desenvolvimento do homem e o seu bem-estar". O posicionamento foi expresso durante a cerimónia de apresentação pública do documento, que constitui o principal instrumento de governação do executivo angolano nesse período, e que suporta igualmente mais sete eixos "fulcrais" de desenvolvimento. "Importa aqui relevar um dos eixos, por sinal o eixo…

Vinte mil milhões de dólares potenciam economia angolana

O Governo deverá investir cerca de vinte mil milhões de dólares anuais em vários sectores, para alavancar e tornar competitiva a economia nacional, anunciou nesta segunda-feira, em Luanda, o ministro da Economia e do Desenvolvimento do Território, Pedro Luís da Fonseca. Ao falar no final da 4ª reunião da Comissão Económica do Conselho de Ministros, Pedro da Fonseca disse que o Estado vair procurar reforçar as suas actividades de coordenação e regulação do sector económico, com destaque para a potenciação do sector…

Angola solicita apoio ao FMI

O Executivo angolano solicitou apoio ao FMI para um programa não financiado denominado "Instrumento de Coordenação de Políticas" (Policy Coordination Instrument - PCI), para auxílio na implementação das medidas contidas nas acções de Estabilização Macroeconómica, iniciadas em Janeiro de 2018. Segundo um documento do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do Ministério das Finanças a que a Angop teve acesso terça-feira, em Luanda, este plano servirá ainda para o crescente aumento da credibilidade externa com…

Angola pede assistência ao BAD

A secretária de Estado para o Orçamento e Investimento Público, Aia Eza da Silva, solicitou, terça-feira, em Abidjan, assistência do Banco Africano para o Desenvolvimento (BAD), para permitir que o país conclua a implementação dos seus projectos. “Sentimos fortemente o aumento das operações do banco, bem como o seu maior envolvimento no nosso país. O BAD veio em nosso auxílio quando mais precisávamos”, reconheceu Aia-Eza da Silva, durante a reunião entre o presidente do BAD, Akinwumi Adesina e os ministros das…

Namibe: Capacidade de atracção de investidores dependera dos governadores provinciais

O ministro da Economia e do Planeamento, Pedro da Fonseca, afirmou sábado, nesta cidade, que a maior ou menor capacidade de atracção de investidores e investimentos vai depender do que cada governo provincial for capaz de oferecer ou disponibilizar em matéria de capital humano e institucional. O governante falava na cerimónia de encerramento do primeiro fórum sobre Oportunidades de Investimentos no Namibe, realizado pelo governo local, no âmbito das festas do Mar edição/2018. Disse que as universidades locais podem…

África com oportunidade única de afirmação económica

O ministro do Comércio de Angola, Jofre Van-Dunem Júnior, disse hoje, em Kigali (Ruanda), que a África tem, com a assinatura do acordo da Zona de Livre Comércio Continental, uma grande oportunidade de se afirmar economicamente. A Zona de Livre Comércio Continental deverá ser proclamada a 21 deste mês, na X Cimeira Extraordinária de Chefes de Estado da União Africana. O ministro angolano, que falava a jornalistas no intervalo do Conselho Executivo da União Africana, fez saber que, devido a este facto, os participantes…

Estado retira-se da actividade empresarial

A actividade económica e produtiva fica reservada agora ao sector empresarial privado passando o Estado a limitar-se à promoção do crescimento da economia, declarou hoje o ministro da Economia e Planeamento, Pedro Luís da Fonseca. Essa decisão do Estado angolano, apresentada por Pedro Luís da Fonseca a empresários da indústria transformadora, no âmbito do Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição das Importações (Prodesi), decorre do facto de o Estado, que pretende alavancar a produção…

Angola vai aprofundar cooperação económica com Egipto

O ministro da Economia e Planeamento de Angola, Pedro Luís da Fonseca, disse, na cidade de Sharm El-Sheikh, Egipto, que as discussões em curso entre as autoridades angolanas e egípcias, para um novo de cooperação económica, poderão aprofundar as relações de amizade entre os dois países. De acordo com uma nota de imprensa da embaixada angolana no Egipto, chegada hoje à Angop, o governante fez estas declarações, a um canal televisivo local, à margem da sua participação no Fórum África 2017, em representação do Presidente…

Ministro da Economia avalia Programas Dirigidos em Benguela

Os Programas Dirigidos, que estão a ser desenvolvidos em Benguela, no quadro da intervenção do governo na sua estratégia de saída da crise económica e financeira, serão avaliados nos próximos três dias, pelo ministro da Economia, Abrahão Gourgel, que hoje inicia uma visita de trabalho àquela província. Em declarações à Angop, no aeroporto de Luanda momentos antes de embarcar para Catumbela onde terá início a missão oficial, informou que vai, igualmente, fazer o acompanhamento dos projectos ligados ao Programa Angola…

Governante defende introdução de normas internacionais no tecido empresarial

O ministro da economia, Abraão Gourgel, defendeu a necessidade da introdução de normas internacionais que atendam a especificidade do tecido empresarial nacional, devido a existência de um grande número de pequenas e médias empresas. Esta defesa foi feita durante o acto de encerramento do primeiro fórum de contabilidade e auditoria, organizada pela Ordem dos Contabilistas e Peritos de Angola, que decorreu em Luanda sob o lema "A normalização contabilística e as normas internacionais em Angola". Segundo o governante,…

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »