Quarta-feira, Julho 17, 2024
26.5 C
Lisboa
More

    Carne vermelha faz mal à saúde? Pesquisadores respondem com sistema de pontuação

    Para fornecer ao público uma ideia simples e direta dos estudos que analisam a relação entre um produto e seu risco à saúde humana, um grupo de pesquisadores propõe um sistema de pontuação.

    O Instituto de Métricas e Avaliação em Saúde (IHME) dos Estados Unidos, conhecido mundialmente por seus estudos sobre saúde humana, se propôs a pesquisar estudos publicados em 180 áreas.

    O resultado, divulgado nesta segunda-feira, mostra uma grande disparidade de dados, os quais a equipe responsável propõe pontuar de zero a cinco.

    O surpreendente foi descobrir a escassa relação entre alguns hábitos alimentares e os malefícios à saúde, confessou um dos autores do estudo, Christopher Murray, que dirige o IHME.

    Por exemplo, a ligação entre tabagismo e câncer de pulmão recebe uma classificação de cinco estrelas, o que significa uma ligação totalmente comprovável e um perigo evidente.

    Por outro lado, a relação entre comer carne bovina e risco de ataque cardíaco recebe apenas uma estrela, pois “não há evidências de que tal associação exista”, explicou o estudo.

    Quanto à ligação entre carne vermelha e câncer de cólon, câncer de mama ou diabetes, esses estudos recebem uma classificação de duas estrelas.

    “Estou muito surpreso com a fraqueza de muitos dos resultados que ligam dietas a riscos” à saúde, explicou.

    Murray alertou em uma entrevista coletiva que “todo mundo presta atenção ao último estudo publicado” quando os resultados “muitas vezes variam de preto para branco”.

    Para investigar a relação entre uma dieta rica em vegetais e saúde, os pesquisadores compararam 50 estudos baseados em questionários de 4,6 milhões de participantes em 34 países.

    Se o número de vegetais consumidos por dia aumentar de zero para quatro, isso representa uma redução de 23% no risco de acidente vascular cerebral isquêmico.

    A relação entre comer vegetais e diabetes (categoria 2) recebeu apenas uma estrela.

    Alguns cientistas, como Kevin McConway, da Open University do Reino Unido, alertam, no entanto, que tais classificações de estrelas “correm o risco de ser muito vastas”.

    Outro especialista, Duane Mellor, da Universidade Aston do Reino Unido, acredita que os resultados do estudo “não são inesperados” porque os problemas de saúde são causados por produtos de carne altamente processados, como salsichas, em vez de carne crua.

    O IHME planeja manter seu ranking atualizado com estudos posteriores e em breve publicará outros rankings relacionando a saúde a fatores como ingestão de álcool ou poluição do ar.

    Publicidade

    spot_img
    FonteAFP

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    FMI: Crescimento global estável em meio à desinflação mais lenta e à crescente fragmentação geoeconómica

    O FMI publicou na terça-feira a revisão das suas projeções sobre a economia mundial. O Fundo Monetário Internacional alertou que...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema