Quinta-feira, Julho 18, 2024
29.7 C
Lisboa
More

    Camponesese recebem instrumentos agrícolas

    A comunidade camponesa da localidade de Caquila, na comuna do Calumbo, município de Viana, arredores de Luanda, recebeu ontem do empresário Bento Kangamba um lote de instrumentos agrícolas diversos, no âmbito da contribuição da sociedade civil para o programa do Executivo de desenvolvimento rural e combate à pobreza, em curso em todo país.
    Afectos à cooperativa agropecuária de Caquila, os beneficiados receberam mais de mil enxadas e catanas, motobombas, electrobombas e geradores.O empresário ofereceu também um lote de material didáctico e medicamentos a uma escola primária e ao posto médico local, estando no seu programa a reabilitação das duas infra-estruturas, únicas na região.
    A cooperativa de Caquila é integrada por 100 famílias camponesas e está filiada na Federação das Associações de Camponeses e Cooperativas Agropecuárias de Luanda, constituída por 23 cooperativas agrícolas e 37 associações de camponeses.
    Na qualidade de coordenador adjunto do grupo de acompanhamento para o município da Viana, Bengo Kangamba ofereceu, igualmente, computadores, máquinas impressoras e geradores às estruturas locais do MPLA.
    Dirigindo-se aos camponeses associados, Bento Kangamba disse que o donativo era uma pequena contribuição de um cidadão na grande tarefa levada a cabo pelo Executivo para erradicar a fome e a pobreza em Angola, através de programas virados para o desenvolvimento das comunidades urbanas periféricas e rurais.
    Bento Kangamba esclareceu que a segurança alimentar e o desenvolvimento rural são dois dos principais objectivos do programa do Executivo, destinado a satisfazer as necessidades alimentares internas e a relançar a economia rural, uma das áreas vitais para o desenvolvimento sustentável de Angola. Tendo em vista esse objectivo, prosseguiu, o Executivo está a promover o sector agropecuário, e a região da Caquila, propensa à criação de gado e às culturas de cereais, leguminosas, raízes e tubérculos, além de produtos de pesca artesanal, vai continuar a merecer o apoio necessário.
    Enalteceu, por outro lado, o empenho e a dedicação do Presidente José Eduardo dos Santos em prol das famílias, particularmente do meio rural, criando programas tendentes a elevar o seu nível de vida.
    “Graças ao empenho do Presidente da República está-se a conduzir um processo de reconstrução e reconciliação, rumo à plena estabilidade e desenvolvimento, moldados na ideia da indispensabilidade de cada um”, disse.
    Adiantou que o país conseguiu feitos inéditos na economia, onde a sustentabilidade, como meta, tem capitalizado ganhos e permitido o aumento gradual, sustentado e equilibrado do bem-estar de todos os angolanos.

     

     

    Fonte: Jornal de Angola

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Ursula von der Leyen reeleita presidente da Comissão Europeia por larga maioria

    A reeleição estava envolta em incerteza e dependia de uma aritmética complicada entre os quatro partidos centristas. Ursula von der...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema