Sábado, Março 2, 2024
14.8 C
Lisboa
More

    Brasil: Alckmin diz que rejeição do Rede é ‘absurda’ e pede que Marina concorra

    Lee Daniels ao iG: “Os estúdios subestimam a inteligência do público”

    O governador de São Paulo Geraldo Alckmin caracterizou como “absurda” a não homologação do Rede Sustentabilidade, partido criado pela ex-senadora Marina Silva, para participar das eleições de 2014. De acordo com o tucano, que deve ser candidato à reeleição do governo paulista, o Brasil é um país “cartorial”, e por isso não houve a aprovação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

    Marina Silva observa votação no TSE, que rejeitou a criação do Rede Sustentabilidade (Foto: Ueslei Marcelino / Reuters)
    Marina Silva observa votação no TSE, que rejeitou a criação do Rede Sustentabilidade (Foto: Ueslei Marcelino / Reuters)

    Dona de quase 20 milhões de votos na última eleição para o cargo de presidente da República, em 2010, Marina Silva viu naufragar, na última quinta-feira, o sonho de criar um partido próprio para disputar o pleito do ano que vem. Por seis votos a um, os ministros do TSE rejeitaram o pedido de registro. O principal argumento foi o número de assinaturas abaixo do mínimo exigido por lei.

    “Eu vim até de verde em homenagem à Marina porque é um absurdo. O Brasil é um grande cartório. Você cria partidos por hora, sem nenhum conteúdo, e um partido que poderia ter mais propostas programáticas é impedido”, afirmou o membro do PSDB.

    Para ele, é preciso mudar a cultura do País. Alckmin admitiu que apoia a filiação de Marina a outro partido para que a ex-senadora participe das eleições presidenciais de 2014.

    “Eu espero sim. A participação dela contribui muito. Acho que ela está avaliando não se filiar a nenhum partido, mas faço um apelo a ela para que se filie. Na política, não fazemos o que queremos, fazemos o que o momento exige. É responsabilidade cívica e ela precisa participar”, disse o governador.

    Ele afirmou ainda que, sem a presença de Marina no cenário eleitoral do ano que vem, o panorama das eleições mudará consideravelmente. “Altera muito o cenário. Ele é das pré-candidatas de maior aceitação e se sai da disputa altera. Não vamos convidar (para o PSDB), porque seria indelicado, mas é importante a participação dela, porque ela contribui com propostas, postura ética etc.”

    Alckmin participou, na manhã desta sexta-feira, da comemoração dos cinco anos de existência do Museu do Futebol, no Estádio do Pacaembu. Além da festividade, foi inaugurado também um Centro de Referência do Futebol Brasileiro (CRFB), que contará com biblioteca, midiateca e um vasto acerto sobre o futebol mundial. (terra.com.br)

    Por

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    PGR realça empenho no combate à criminalidade económico-financeira

    O Procurador-Geral da República (PGR), Hélder Pitta Groz, sublinhou esta sexta-feira, em Luanda, que o esforço e empenho da...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema