Terça-feira, Março 5, 2024
11.3 C
Lisboa
More

    Basquetebol: paludismo afasta Miesse da pré-selecção de sub 18

    O poste Miesse Francisco, 2,05 m de altura, foi “afastado” a título temporário dos trabalhos da pré-selecção nacional de basquetebol em sub-18, que projecta a sua participação no zonal VI de Maputo, prova selectiva ao Afrobasket da categoria, por ter apanhado paludismo. Miesse Francisco, um dos eleitos para a “operação Maputo”, devido às suas qualidades técnicas, está sob cuidados médidos, sendo, por isso, a única preocupação da equipa técnica liderada por Elvino Dias.

    Já o poste Yanick Madoda, que havia contraído uma lesão do joelho esquerdo ao serviço da sua equipa, Petro de Luanda, reintegrou, de forma condicionada, os trabalhos da pré-selecção nacional, disse Elvino Dias. “Felizmente, o Yanick Madoda já reintegrou os trabalhos do grupo, apesar de estar ainda limitado. O atleta tem melhorado bastante nos seus movimentos. Agora, a preocupação é com Miesse Francisco, que nesta altura se encontra sob cuidados médicos. Ao atleta foi diagnosticado paludismo, que está já a combater. Quando recuperar, vai ser reintegrado no grupo”, afirmou o seleccionador nacional.

    Ontem, a pré-selecção nacional realizou a última sessão de treinos da semana, em que foram mais uma vez revistos os aspectos técnicos e tácticos, com particular realce para a defesa homem-a-homem e à zona. Esta semana, os pupilos de Elvino Dias são submetidos a exercícios de resistência física, denominados “força explosiva”, seguindo-se os jogos de controlo. “A partir de segunda-feira, os pré-convocados são submetidos a exames força explosiva aliado a trabalhos de campos.

    E como estamos nas últimas semanas de preparação, vamos iniciar com os jogos de controlo para avaliar melhor a capacidade competitiva do grupo”, finalizou o seleccionador nacional. Antes de competir no zonal VI, a Selecção Nacional participa num torneio internacional em Maputo, palco do zonal e do Campeonato Africano das Nações da categoria. O zonal VI apura apenas o primeiro classificado para a fase final do Afrobasket.

    Babo queixa-se da arbitragem
    O técnico do Petro de Luanda, Alberto Babo, afirmou na sexta-feira, no final do jogo frente ao 1º de Agosto da segunda mão da Taça de Angola de basquetebol em sénior masculinos, em que venceram por 78-71, que a sua equipa foi prejudicada pelos árbitros. Falando à imprensa, no pavilhão da Cidadela, o Babo referiu que o trio de árbitros não deixou a sua equipa qualificar-se.

    Fonte: Jornal dos Desportos

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Emirados Árabes Unidos convocarão uma reunião sobre financiamento climático em preparação para a COP29

    Os Emirados Árabes Unidos reunirão representantes dos países e líderes de instituições financeiras globais numa reunião especial em junho,...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema