Sábado, Maio 18, 2024
15.3 C
Lisboa
More

    Banco de Desenvolvimento de Angola financia empreendimentos produtivos

    Um projecto que visa a criação de fazendas agro-pecuárias e unidades fabris arranca, este ano, nas comunas de Dinde e Impulo, municípios de Quilengues, Huíla, numa iniciativa da Cooperativa Agrícola Aurora do Impulo, com apoio do Banco de Desenvolvimento Africano (BDA).
    O facto foi anunciado no município de Quilengues pelo vice-presidente da cooperativa, Almeida Pinho, a propósito da inauguração das instalações do empreendimento, numa cerimónia assistida por representantes do poder público e empresários locais.
    A cooperativa é constituída por 102 filiados e cada um vai receber do BDA um empréstimo para desenvolver projectos nos ramos da agricultura, pecuária e indústria.
    Almeida Pinho referiu que o projecto prevê criar 102 fazendas com 50, 90 e 100 hectares para a produção de milho, massango, massambala, feijão, citrinos, hortícolas, leguminosas e outros produtos agrícolas que abastecem a indústria.
    A iniciativa reserva ainda a criação de bovinos, caprinos, ovinos, suínos, assim como a instalação de silos de milho, moagens, matadouro de gado e aves, curtumes, fábricas de ração, de sumos, concentrado de tomate e processamento de frutas.
    O vice-presidente da cooperativa, Almeida Pinho, adiantou que o projecto vai permitir a criação de três mil postos de trabalho directos para jovens com formação básica, média, superior e técnica nos diversos ramos.
    O secretário-geral da cooperativa Aurora do Impulo, Constantino Rocha, explicou na ocasião que já foram dados passos importantes para a materialização do projecto, como a legalização da instituição, a entrega da documentação no BDA e identificação de parcelas.
    Constantino Rocha aguarda pela concessão dos títulos de terra pelo Governo da Província da Huíla para os associados começarem a preparar os campos agrícolas.
    O vice-governador da Huíla para a Área Social e Política, José Arão, elogiou a iniciativa na medida que vai contribuir para a criação de mais postos de trabalho, fomentar a actividade agro-pecuária e a indústria local.
    Falando para os filiados da cooperativa, alguns deles residentes na capital do país e nas províncias de Benguela e Kwanza-Sul, José Arão garantiu o apoio do governo local para que o projecto seja implementado a curto prazo com base em apoios institucionais providos a nivel local e central.

     

     

    Fonte: Jornal de Angola

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    TSE suspende julgamento de ações que pedem cassação de Moro por atos na pré-campanha em 2022; caso será retomado na 3ª

    O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) suspendeu nesta quinta-feira o julgamento das ações que pedem a cassação do senador Sergio...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema