Domingo, Maio 19, 2024
15.3 C
Lisboa
More

    Até que ponto pode a política monetária do BCE na UE divergir da política do FED nos Estados Unidos?

    A inflação continua a abrandar na União Europeia, enquanto a redução parece ter estagnado nos Estados Unidos. Por outro lado, a economia americana mostra sinais de força em comparação com o crescimento morno da economia europeia.

    Num cenário em que a inflação e o crescimento económico entre os dois blocos parecem dar sinais divergentes, a questão que se coloca é até que ponto os bancos centrais dos dois blocos podem manter políticas monetárias divergentes.

    Um membro do Conselho do BCE, Bostjan Vasle, afirmou que o Banco Central Europeu não pode ignorar totalmente a dinâmica da inflação e a política monetária nos Estados Unidos ao traçar o seu próprio caminho .

    Mesmo que as condições em ambas as economias possam exigir respostas diferentes, há ligações que as autoridades em Frankfurt terão em conta, disse o governador do banco central esloveno numa entrevista em Washington, onde participa nas reuniões de primavera do Fundo Monetário Internacional e do Banco Mundial.

    As observações foram feitas depois de o BCE ter sinalizado que está pronto para reduzir as taxas de juro em Junho e depois de a inflação ter arrefecido para 2,4% em Março.

    Isto contrasta com os EUA, onde aumentos persistentes de preços levaram o presidente da Reserva Federal, Jerome Powell, a dizer esta semana que as autoridades vão esperar mais tempo do que o anteriormente previsto antes de reduzirem os custos dos empréstimos.

    Vários decisores políticos afirmaram que o BCE não depende do seu homólogo norte-americano e que actua com base no que está a acontecer na área do euro. O membro português do Conselho do BCE, Mário Centeno, disse à Bloomberg na quarta-feira que o banco central com sede em Frankfurt não está “olhando para os EUA”.

    Mas outros membros do BCE consideram que existe uma probabilidade significativa de que os fatores subjacentes a uma inflação mais elevada ou mais persistente nos EUA também se tornem visíveis noutras partes do mundo e também na área do euro. As duas economias estão muito integradas através de fluxos comerciais e financeiros.

    Uma preocupação é que um período prolongado de flexibilização monetária na Europa, sem que os EUA atuem na mesma medida, possa prejudicar o euro. A presidente do BCE, Christine Lagarde, disse na quarta-feira que as autoridades monetárias observarão as flutuações “com muito cuidado”, apesar de não visarem um nível específico. Note-se que a missão do BCE é unicamente controlar a taxa de inflação.

    Falando aos legisladores na quinta-feira, o vice-presidente Luis de Guindos insistiu que o BCE não está comprometido com uma trajetória de taxa específica , ao mesmo tempo que reiterou a posição do banco central de que uma continuação da tendência descendente da inflação deverá permitir a flexibilização.

    As autoridades monetárias da União Europeia destacaram os dados sobre a evolução salarial no primeiro trimestre como particularmente importantes para avaliar a força da inflação subjacente.

    “Os dados salariais do primeiro trimestre que vimos até agora são relativamente favoráveis”, disse Vasle. “Se tudo correr como parece neste momento com os salários, a inflação vai moderar e teremos condições de ser cada vez menos restritivos ao longo do ano.”

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    TSE suspende julgamento de ações que pedem cassação de Moro por atos na pré-campanha em 2022; caso será retomado na 3ª

    O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) suspendeu nesta quinta-feira o julgamento das ações que pedem a cassação do senador Sergio...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema