Sexta-feira, Junho 21, 2024
21.1 C
Lisboa
More

    As arbitrariedades da primeira secretária do MPLA no Cunene

    Contra todas as expectativas do povo do Sul de Angola, em particular do Cunene, o deputado Ovídio Paula corre o risco de não voltar a figurar da lista de deputados do MPLA a Assembleia Nacional, para o mandato 2022-2027, por causa de uma suposta má fé da actual primeira secretária do partido Gerdina Didalelwa.

    Em carta aberta endereçada ao presidente João Manuel Gonçalves Lourenço, e subscrita por um antigo militante do MPLA na região, a Gerdina Didalelwa é atribuída a falta de bom senso e também incompetência, razão pela qual guerreia quadros de grande bagagem intelectual como o académico e político Ovídio Pahula.

    Na carta, Gerdina, que também é governadora do Cunene é acusada de tribalista além de actos de nepotismo, ao excluir o interventivo e defensor do povo do Sul de Angola, Ovídio Pahula, supostamente por temer a sua ascensão, para em seu lugar ’empurrar’ um seu parente. De resto, a carta fala por si.

    A seguir o teor da carta aberta enviada ao Portal de Angola
    2
    3

    As arbitrariedades da primeira secretária do MPLA no Cunene.
    (DR)


     

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Angola: Comissão Económica aprecia proposta de novo regime de preços e analisa desempenho económico em 2024

    A Comissão Económica do Conselho de Ministros apreciou ontem, quinta-feira, uma proposta de lei que concede ao Presidente da...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema