Sexta-feira, Abril 19, 2024
15.6 C
Lisboa
More

    Artista angolano fala das crianças autistas

     

    Etona apresenta na sede da ONU em Nova Iorque a corrente filosófica do "etonismo"

    O artista António Tomás Ana “Etona” foi convidado a discursar no dia 8 deste mês na sede da Organização das Nações Unidas (ONU) em Nova Iorque, no Sector B, disse ontem ao Jornal de Angola o pintor e escultor.
    O painel de discussão “Autismo Consciencialização Salva-Vidas” é parte de um evento paralelo, sob os auspícios da Quarta Sessão da Conferência dos Estados Partes da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, com o objectivo de sensibilizar todo o mundo para o autismo e para o seu tratamento adequado nas crianças.
    O artista disse que a actividade é organizada pelas Missões Diplomáticas da Alemanha, Angola e Israel na ONU e consiste em pronunciamento a favor das crianças autistas – pequenos e adultos com problema de relacionar-se no meio social e com dificuldades de comunicar-se com os outros.
    “A minha filosofia artística, o etonismo, foi eleita, entre outras, para servir de base: Razão Tolerante. Vou discursar sobre a minha filosofia artística em busca de uma leitura consciencializadora (através da arte), em benefício das crianças com aquela situação”, disse o pintor.
    Etona referiu que vai aproveitar a ocasião para leiloar 15 pinturas suas numa exposição de artes, com o propósito de angariar fundos para as crianças autistas africanas; apresentar uma outra visão da arte em busca da humanização e expandir a arte e cultura angolana nas acções sociais quer em África quer no Mundo inteiro. O artista plástico angolano vai ainda aproveitar a ocasião para proceder ao lançamento do livro intitulado “Etonismo: uma filosofia da arte sobre a Razão Tolerante”.
    “Essa actividade consiste na preparação da minha exposição individual de artes a ser promovida no Museu de Ellis Island, prevista para o próximo ano. Espero assinar um acordo com a galeria New Art Center em Nova Iorque, para expor, além do compromisso com o Museu Ellis Island em 2012.”
    O pintor avançou ser intenção da galeria New Art Center levar a sua arte também para Paris, caso seja concretizado o contrato entre as partes. O artista pensa discutir alguns pormenores da proposta enviada pela galeria norte-americana durante a sua estadia em Nova Iorque.

    O crítico de arte Patrício Batsîkama, responsável pela Educação e Pesquisa Científica do Instituto Etona, assegura que a perspectiva não é só um acordo no domínio das artes, “mas também educativas, pois interessa-nos as parcerias que possam oxigenar o futuro professorado do instituto Etona”.

    Autismo acentuado em África

    Dados da organização do evento informam que o autismo não conhece fronteiras, pois o número de crianças e adultos com condições autistas continua a subir, atravessando toda a nação e cada grupo étnico, racial e social. A consciencialização pública, no entanto, continua a ser muito baixa.
    “Crianças e adultos com autismo enfrentam grandes desafios, associados ao estigma e discriminação negativa. Portanto, um grande número de pessoas luta diariamente contra diversos obstáculos no seu dia-a-dia”, referiu o documento.
    Os dados da organização do fórum dizem ainda que a discriminação negativa, abuso e sobretudo o isolamento, são apenas alguns dos desafios que as pessoas com autismo sofrem a cada dia. Isto é uma violação dos seus direitos humanos fundamentais.
    O documento refere que em África a situação das pessoas com autismo é ainda maior, porque os desafios associados ao autismo são ainda mais exacerbados quando combinados com a pobreza, já que não há diagnóstico adequado.

     

    António Bequengue

    Fonte: Jornal de Angola

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    FMI altera regras para acelerar acordos de dívida com países em desenvolvimento e evitar atrasos causados pela China

    O conselho executivo do Fundo Monetário Internacional apoiou uma mudança importante para dar-lhe mais liberdade para apoiar países em...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema