Quarta-feira, Abril 17, 2024
20 C
Lisboa
More

    Arábia Saudita, o maior exortador de petróleo, visa vendas de títulos verdes para projetos ecológicos

    O governo da Arábia Saudita poderá começar a vender títulos verdes pela primeira vez, numa altura em que o maior exportador de petróleo do mundo procura angariar dinheiro para projetos ecológicos e para uma transição dos combustíveis fósseis, que são a espinha dorsal da sua economia.

    O Ministério das Finanças revelou na quinta-feira um quadro de financiamento verde que identifica oito tipos de projetos elegíveis para financiamento das chamadas vendas de dívida “verde”, que vão desde o apoio a transportes mais limpos e energias renováveis até projetos que podem ajudar o reino a adaptar-se ao clima.

    O ministério não ofereceu detalhes sobre um cronograma potencial para emissão, mas disse que a estrutura permitirá ao governo vender títulos verdes e sukuk para projetos que atendam aos critérios. Qualquer venda dessa dívida seria a primeira vez para o governo central, uma vez que pretende reduzir as suas emissões de gases com efeito de estufa em 278 milhões de toneladas por ano até 2030 e ter emissões líquidas zero até 2060.

    O fundo soberano da Arábia Saudita, conhecido como PIF, começou a emitir dívida verde em 2022. Não estava claro como os objetivos do financiamento de títulos verdes do governo difeririam daqueles emitidos pelo PIF.

    As emissões para o governo serão feitas através do Ministério das Finanças. Dois comitês, o Comitê de Financiamento Sustentável e o Comitê de Projetos e Acompanhamento, serão responsáveis pela fiscalização das vendas e alocação de recursos aos projetos.

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Relação diz “que não há qualquer indício” de que António Costa tenha falado com Lacerda Machado sobre Sines

    O Tribunal da Relação de Lisboa não encontrou nos autos da investigação da Operação Influencer, que resultou na demissão...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema