Quinta-feira, Maio 30, 2024
17.1 C
Lisboa
More

    Angola é o único país que está a cair nas vendas da Central de Cervejas

    (Foto: D.R.)
    (Foto: D.R.)

    “Crescemos sempre a dois dígitos” naquele mercado “até este ano”, afirmou esta quinta-feira o CEO da Central de Cervejas

    Angola, o principal mercado de exportação para que a Sociedade Central de Cervejas (assim como para a sua rival Unicer e para a maior parte do agro-alimentar português) está a registar vendas de cerveja “15% a 20% [em volume] abaixo do ano passado” para a dona da Sagres, avançou hoje Ronald den Elzen.

    O presidente executivo da SCC, detida em 100% pela holandesa Heineken, afirmou esta quinta-feira que em Angola este “tem sido um ano difícil”, entre “inspecções nos portos e novas pautas aduaneiras” a dificultar o fornecimento externo daquele mercado.

    Ainda assim, o país africano, que vale 60% das exportações em volume da cervejeira, “continua a ser um mercado muito importante”, e onde a SCC espera voltar a “crescer a duplo dígito” no próximo ano. Até porque “crescemos sempre a dois dígitos” em Angola “até este ano”, acrescentou o CEO da SCC.

    Questionado sobre a data para estar operacionalizada a produção sob licença da Sagres naquele país o presidente executivo da SCC respondeu: “estou mais preocupado com a volatilidade do que está a acontecer nos portos”. Mas “eu não controlo isso”, frisou em seguida.

    Recorde-se que a SCC fez uma parceria com a local Sodiba, controlada pelos empresários Isabel dos Santos e Sindika Dokolo para a produção, sob licença, da marca Sagres em Angola. Isso quer dizer, foi hoje reafirmado, que “não somos accionistas nem investidores” na nova unidade de produção da Sodiba, frisou a administração da SCC. A produção da cerveja de origem portuguesa naquele mercado poderá arrancar entre “2015 e 2016”, acrescentou o CEO. (jornaldenegocios.pt)

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    A voz da África precisa de ser ouvida, afirmou o Presidente do Banco Africano de Desenvolvimento

    O Presidente do Banco Africano de Desenvolvimento, Dr. Akinwumi Adesina, disse que o mundo está a mudar e que...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema