Segunda-feira, Junho 24, 2024
29.1 C
Lisboa
More

    Angola começa disputa da Taça Stankovic

    A sétima edição da Taça Borislav Stankovic em basquetebol sénior masculino começa hoje, com a participação das selecções nacionais de Angola, Austrália, China, Nova-Zelândia e Rússia.
    O cinco nacional, medalha de ouro em 2008, defronta no jogo inaugural a anfitriã China, a partir das 19h30 (9h00 em Angola), no Gymnasium Centre da cidade de Haining, cenário da primeira fase da aludida competição, cuja segunda etapa vai ser disputada em Guanghou, a partir do dia 6 de Agosto.
    Angola, que cumpre a última etapa da sua preparação para o Afrobasket-2011, precisa melhorar a qualidade de jogo, fundamentalmente a eficácia nos lançamentos de campo, a principal debilidade do conjunto às ordens do francês Michel Gomez.
    Nos próximos dez dias os decacampeões africanos realizam seis jogos, susceptíveis de alterarem o quadro actual no que diz respeito ao enquadramento táctico dos valores pouco rotinados nestas andanças, e criar um ambiente de balneário mais favorável às exigências e responsabilidades do Afrobasket.
    Na Taça Borislav Stankovic, Angola, que defronta a China pela sexta vez, soma duas vitórias frente aos asiáticos, em 2007 (68-63) e 2008 (72-71) e três derrotas, por 61-62 (2005), 62-88 e 50-58 (2009). O primeiro confronto entre ambos a este nível aconteceu a 26 de Julho de 2005, com vitória tangencial dos chineses, por 62-61.
    A partida entre Austrália e Rússia completa o cartaz do primeiro dia de competição. Amanhã, Angola enfrenta a Austrália, às 16h00 (7h00 da manhã no país), enquanto a China joga diante da Rússia, às 19h30.
    Na penúltima jornada, quarta-feira, o cartaz inscreve as partidas Rússia-Angola, às 16h00, e China-Austrália, às 19h30. O curioso desta competição é que a China, na qualidade de país anfitrião, nunca conquistou a medalha de ouro. As seis edições foram ganhas pela Lituânia (2005), Grécia (2006), Eslovénia (2007 e 2010), Angola (2008) e Austrália (2009).

    Até ao momento, 18 países marcaram presença na prova, que rende homenagem ao sérvio Borislav Stankovic, secretário-geral emérito da FIBA, sobressaindo a China (seis) e Angola e Austrália (quatro), uma vez que EUA, Brasil, Grécia, Argentina, Sérvia, França, Alemanha, Irão, Lituânia, Nova Zelândia, Porto Rico, Rússia, Turquia e Venezuela somam uma participação.
    Para as duas fases da Taça Borislav Stankovi, o francês Michel Gomez leva os 12 jogadores definidos para o Afrobasket, designadamente Armando Costa, Milton Barros, Domingos Bonifácio, Carlos Morais, Simão Santos, Leonel Paulo, Jorge Tati, Eduardo Mingas, Felizardo Ambrósio, Miguel Kiala, Kikas Gomes e Valdelício Joaquim.
    No Afrobasket, Angola disputa a fase preliminar no Grupo “B”, ao lado do Chade, Marrocos e Senegal. Na estreia, dia 18, os angolanos defrontam os chadianos, enquanto os marroquinos enfrentam os senegaleses.
    No Grupo “A” estão o Madagáscar, Moçambique, Nigéria e Mali, no “C”, Costa do Marfim, África do Sul, Camarões e Egipto, e no “D”, Tunísia, Togo, República Centro-Africana e Ruanda.

    Fonte: Jornal de Angola

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Biden e Trump se enfrentam em primeiro debate na quinta-feira

    O primeiro debate entre o democrata Joe Biden e o republicano Donald Trump na corrida à Casa Branca, marcado...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema