Domingo, Março 3, 2024
11.5 C
Lisboa
More

    Analistas veem o aumento das taxas de juros de longo prazo como uma ameaça à economia global

    Não há muito tempo, famílias, empresas e governos viviam efectivamente num mundo de dinheiro grátis.

    A taxa de juro de referência da Reserva Federal dos estados Unidos era zero, enquanto os bancos centrais da Europa e da Ásia chegaram mesmo a aplicar taxas negativas para estimular o crescimento económico após a crise financeira e durante a pandemia.

    Esses dias parecem agora ter acabado e tudo, desde habitação a fusões e aquisições, está a ser perturbado, especialmente depois de os rendimentos das obrigações do Tesouro dos EUA a 30 anos terem atingido esta semana 5% pela primeira vez desde 2007.

    A importância dos títulos do Tesouro ajuda a explicar por que razão a mudança no mercado obrigacionista é importante para o mundo real. Como a taxa básica livre de risco, todos os outros investimentos são comparados com eles, e à medida que o rendimento do Tesouro aumenta, de modo que isso repercute nos mercados mais amplos, afetando desde empréstimos para automóveis até saques a descoberto, empréstimos públicos e o custo de financiamento de uma aquisição corporativa.

    E há muita dívida por aí: de acordo com o Instituto de Finanças Internacionais, um valor recorde de 307 biliões de dólares estava pendente no primeiro semestre de 2023.

    Existem muitas razões para a mudança dramática no mercado obrigacionista, mas três se destacam.

    As economias, especialmente as dos EUA, revelaram-se mais robustas do que o previsto. Isto, juntamente com as anteriores doses de dinheiro fácil, está a manter o fogo aceso sob a inflação, forçando os bancos centrais a aumentar as taxas mais altas do que se pensava e, mais recentemente, a sublinhar que as deixarão assim por algum tempo. À medida que os receios de uma recessão diminuíram, a ideia de que os decisores políticos terão de inverter rapidamente o rumo – o chamado pivô – está a perder rapidamente força.

    Finalmente, os governos emitiram muito mais dívida — a taxas baixas — durante a pandemia para salvaguardar as suas economias. Agora têm de refinanciar isso a um preço muito mais caro, semeando preocupações sobre défices fiscais insustentáveis. A disfunção política e as descidas da notação de crédito contribuíram para agravar os problemas.

    Junte tudo isso e o preço do dinheiro terá de subir. E este novo nível mais elevado pressagia grandes mudanças no sistema financeiro e nas economias globais que alimenta. Alguns fundos do mercado monetário e até mesmo depósitos bancários oferecem agora uma margem de 5%. O rendimento alemão a 10 anos está no mais alto desde 2011, enquanto até o do Japão está num nível não visto há uma década.

    Taxas mais elevadas significam que os países têm de desembolsar mais para obter empréstimos. Em alguns casos, muito mais. E isso vai continuar a subir enquanto as taxas permanecerem elevadas. Por sua vez, os governos poderão ter de pedir ainda mais empréstimos ou optar por gastar menos dinheiro noutras despesas.

    Cada vez mais países em desenvolvimento têm dificuldades em pagar o serviço da sua dívida, sendo forçados a reduzir despesas essenciais de desenvolvimento. Em última análise, à medida que os governos tentam controlar a situação fiscal, o peso das medidas de ajustamento, como o aumento das taxas de juro e o controlo da inflação, recai sobre as famílias e populações mais desfavorecidas.

    Por: Editor Económico
    Portal de Angola

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Líder da Junta Militar do Chade anuncia candidatura depois do assassinato do líder da oposição

    O líder da Junta Militar do Chade, Mahamat Idriss Deby Itno, anunciou neste sábado, 2, a sua candidatura às...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema