Quarta-feira, Abril 17, 2024
23.2 C
Lisboa
More

    Alemanha prepara pacote fiscal de 7 mil milhões de euros para apoiar a economia

    A coligação governamental da Alemanha está a montar um pacote de medidas que provavelmente vale cerca de 7 mil milhões de euros (7,6 mil milhões de dólares) para tentar tirar a maior economia da Europa de uma recessão prolongada, segundo anunciou a Bloomberg.

    O governo do chanceler Olaf Scholz quer ter o pacote – que reduziria a carga fiscal sobre as empresas – pronto a tempo de garantir a aprovação parlamentar antes das férias de verão.

    Enquanto outras grandes economias desfrutam de uma expansão relativamente robusta, a Alemanha está a ser travada por desafios que vão desde os elevados custos energéticos, a exposição ao mercado chinês em dificuldades e às tensões geopolíticas desencadeadas pela guerra da Rússia contra a Ucrânia.

    O Ministro da Economia, Robert Habeck, anunciou no mês passado que o governo tinha reduzido a sua previsão de crescimento para este ano para apenas 0,2% – uma recuperação muito mais plana do que os 1,3% que previa alguns meses antes.

    Habeck, um membro dos Verdes que também é vice-chanceler, identificou a decisão judicial do ano passado que alterou o planeamento orçamental da coligação como um factor adicional que pesa sobre a economia.

    O governo ainda está a tentar obter aprovação para um pacote separado de medidas apresentado no ano passado, que foi diluído pelos legisladores regionais e ainda está preso na câmara alta do parlamento.

    O novo pacote de crescimento também foi concebido para ajudar a reverter a queda do apoio à aliança governamental de três partidos de Scholz, composta pelos sociais-democratas, pelos verdes e pelos democratas livres, disseram as pessoas.

    O apoio à Alternativa para a Alemanha, de extrema-direita, aumentou antes das três eleições regionais no antigo leste comunista, em setembro. O partido de extrema-direita é especialmente forte, estando em segundo lugar a nível nacional, à frente do SPD de Scholz e atrás apenas dos principais conservadores da oposição.

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Relação diz “que não há qualquer indício” de que António Costa tenha falado com Lacerda Machado sobre Sines

    O Tribunal da Relação de Lisboa não encontrou nos autos da investigação da Operação Influencer, que resultou na demissão...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema