Segunda-feira, Julho 15, 2024
20.2 C
Lisboa
More

    Afrikanas a procura de sucesso na música

    Depois de actuarem alguns anos como dançarinas em vários grupos musicais do país, Silana Manjenje, Jandira Padre, Neide Sofia, Cleiyde Afonso e Serafina Sanches formaram o grupo musical Afrikanas, virado, essencialmente, para o hip hop e rap. São jovens com idades compreendidas entre os 19 e os 26 anos, que manifestam a pretensão de, a breve trecho, conquistar um espaço no panorama musical angolano.
    O quinteto já tem um single promocional no mercado, com dois temas, e nos próximos dias prevê lançar o primeiro DVD, gravado em lugares sumptuosos da cidade de Joanesburgo, África do Sul. Com estes passos, o grupo pretende difundir a sua música em Angola e além fronteiras.
    As jovens cantoras podem ser consideradas como um “produto” do categorizado músico Matias Damásio, por ser o responsável pela produção da banda. Aliás, como faz questão de dizer Silana Manjenje, “as Afrikanas estão em boas mãos”, referindo-se aos trabalhos de arranjos e produção de Damásio.
    Silana Manjenje, benguelense de 26 anos, é o rosto mais visível das cinco, mercê do triunfo no concurso Bounce, realizado pela Televisão Pública de Angola em 2001, e por ser ainda das principais vocalistas.
    O facto de ser a mais velha do quinteto conferiu-lhe, com naturalidade, o estatuto de líder, pelo que se assume sempre como a porta-voz.

    “Viemos para ficar e conquistar”

    “Estamos cientes de que não é fácil conquistar um lugar de destaque na arena musical do país, mas preparamo-nos para superar todos os obstáculos e atingirmos um dos nossos principais objectivos, que é a conquista de um número expressivo de fãs em Angola”, frisou.A seu ver, as Afrikanas só estão com bom andamento se conseguirem agradar, principalmente, ao público-alvo da linha musical que seguem.

    “Se não cativarmos as pessoas que gostam do estilo da nossa música, certamente que não teremos sucesso. Portanto, é deste ponto que começa a nossa batalha, com vista a chegarmos onde pretendemos”, referiu.
    Jandira Padre, uma das encarregues pelo canto melódico, diz não se sentir deslocada nesta nova carreira, por se dedicar a algo de que gosta e que sabe fazer. “Sinceramente, não estou a encontrar muitas dificuldades para me enquadrar como vocalista, por ter frequentado aulas de canto durante um ano, período em que tive a sorte de ser ensinada pelo professor Hossi, um profissional extremamente competente”, disse a luandense de 23 anos.
    Serafina Sanches, de 19 anos, é a mais nova do grupo e dedica-se também ao canto melódico. Não tem dúvidas de que as Afrikanas vão conquistar inúmeros fãs pelo país fora. “Acredito nas nossas capacidades e no trabalho que estamos a desenvolver. Vamos conquistar muitos corações neste país”, vaticinou.
    As letras das músicas rap estão a ser escritas por Neyde Sofia e Serafina Sanches. A primeira, de 22 anos, promete surpresas aos amantes desde género. “Estamos a produzir algo que certamente vai impressionar os fascinados pelo rap”, garantiu.
    Cleyde Afonso alinha pelo mesmo diapasão: “Viemos para ficar, conquistar respeito e admiração”.

    Apreço em Cabinda

    A localização geográfica da Boa Entrada, aliada às excelentes condições climáticas faz da região um lugar de eleição para promover o turismo de lazer e cultural. A Boa Entrada já recebeu duas reuniões dos embaixadores acreditados em Angola. A primeira em 1978 e a segunda em 1981.
    José Manuel da Silva “Gime” lembrou os momentos áureos da Boa Entrada, quando recebia visitas regulares do então ministro da Agricultura, o actual embaixador Manuel Pedro Pacavira e do presidente Agostinho Neto. Por isso pede às autoridades para resgatarem a importância social e económica da Boa Entrada.
    “A Boa Entrada foi considerada no passado um local emblemático do país e todos os que por aqui passaram, naquela época, testemunham isso. A beleza das suas estruturas e o clima fizeram dela um local aprazível”, frisou José Manuel da Silva “Gime”.

     

     

    Fonte: Jornal de Angola

    Fotografia: Jornal de Angola



     

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Trump é retirado de comício na Pensilvânia após disparos

    O ex-presidente americano Donald Trump, candidato à reeleição, foi retirado do palco neste sábado durante um comício na Pensilvânia,...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema