Sexta-feira, Abril 19, 2024
16.7 C
Lisboa
More

    Actores falam das suas experiências durante formação superior em Cuba

    A construção da personagem e a ocupação do espaço cénico são os aspectos, do ponto de vista técnico e artístico, mais difíceis para um actor, consideram José Teixeira (Chetas) e Afonso Fernandes, que regressaram em Dezembro de Cuba, onde fizeram a sua licenciatura no Instituto Superior de Artes de Havana.
    Rui Cláudio Gomes (de Malange) e Marcelina Afonso Ribeiro, do grupo Etu Lene, de Luanda, foram outros dois actores que concluíram a licenciatura em Cuba, depois de terem sido seleccionados pelo Ministério da Cultura, com o apoio do Instituto Nacional de Bolsas de Estudo e da Secretaria de Estado para o Ensino Superior.
    Para falarem sobre a experiência adquirida ao longo de cinco anos de formação em Havana, comparando-a com a prática de dez anos a representar, Chetas e Afonso realizam amanhã uma conferência, às 14h30, na Liga Africana, em Luanda, sobre o tema “A releitura do teatro angolano”, assinalando deste modo o Dia Nacional da Cultura.
    Em Fevereiro, os dois actores apresentam a comédia “O Método Gronhom”, da autoria do espanhol Jordi Galceran, e que foi o tema da sua licenciatura. Com uma temática muito actual, a história conta a dificuldade da procura de um bom emprego e aquilo de que as pessoas são capazes para o conseguir. A peça recebeu diversos prémios em Espanha e também já foi adaptada ao cinema, com o título “O método”. Os actores informaram que vão apresentar, para apreciação da ministra da Cultura, Rosa Cruz e Silva, um projecto de formação integral para os grupos de teatro com o objectivo de divulgar o conhecimento científico adquirido em Cuba, bem como interagir com os colegas que, mesmo sem formação, mas “têm talento para que possamos trocar ideias”, afirmaram.
    Chetas pertence ao grupo Miragens e antes da formação superior dava aulas de História de Teatro, no Instituto Nacional de Formação Artística (INFA), em Luanda, e Afonso era do Banda Mulundu, em que foi fundador e encenador.
    Antes de viajarem para Cuba foram submetidos a vários testes em Luanda, sob a orientação de três professores cubanos e do director da Escola Nacional de Teatro, Norberto Matan’yadi.

    Fonte: Jornal de Angola
    Fotografia: Jornal de Angola

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    FMI altera regras para acelerar acordos de dívida com países em desenvolvimento e evitar atrasos causados pela China

    O conselho executivo do Fundo Monetário Internacional apoiou uma mudança importante para dar-lhe mais liberdade para apoiar países em...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema