Segunda-feira, Junho 24, 2024
19.8 C
Lisboa
More

    A visita histórica de Angela Merkel

    A visita que a Chefe de Governo da Alemanha inicia hoje a Angola, de pouco mais de 24 horas, é a retribuição da que o Presidente José Eduardo dos Santos fez, em Fevereiro de 2009, àquele país, afirmou, ontem, em Luanda, o embaixador germânico, Joerg Marquardt.
    A chanceler Angela Merkel é recebida, amanhã, no Palácio da Cidade Alta, pelo Presidente José Eduardo dos Santos, e assiste à assinatura de alguns acordos bilaterais e empresariais.
    O embaixador Joerg Marquardt disse, aos jornalistas, que Angola e a Alemanha vão assinar uma Declaração comum de intenções para uma parceria abrangente nas áreas da política, educação, ciência e tecnologia.
    O programa prevê igualmente um almoço oficial oferecido pelo Presidente José Eduardo dos Santos à Chefe de Governo da Alemanha e à sua delegação.
    Após os cumprimentos de despedida no Palácio Presidencial, Angela Merkel visita o Museu das Forças Armadas, onde lhe é apresentado o plano de desenvolvimento de Luanda e, disse Joerg Marquardt, a cidade do Kilamba.
    No período da manhã, discursa na cerimónia de abertura do encontro económico Angola/Alemanha, onde vai estar presente o Vice-Presidente da República, Fernando da Piedade Dias dos Santos. Participam no encontro, além de empresários angolanos e alemães, o ministro da Economia, Abraão Gourgel, e o presidente da ANIP, Aguinaldo Jaime, que vão falar das oportunidades de investimento e das facilidades que oferece a nova lei de investimento privado.
    O encontro surge na sequência do Fórum Económico realizado, em Junho, em Munique. Para o período da tarde estão previstos encontros com a sociedade civil, no Cefojor, e com o presidente da UNITA, Isaías Samakuva.

    O programa da visita termina com a colocação da primeira pedra da construção da empresa conjunta de Catering formada entre as companhias aéreas angolana TAAG e a alemã Lufthansa.
    Esta é a segunda vez que Angela Merkel vem a Angola depois de, em 1992, a ter visitado na qualidade de deputada, fazendo parte de um grupo de observadores das eleições gerais realizadas naquele ano.

    Trocas comerciais

    O embaixador Joerg Marquardt revelou que as trocas comerciais entre os dois países se situaram, em 2010, em 491 milhões de euros, mas que foram bastante afectadas com a crise económica e financeira mundial, pois em 2008 eram de 852,6 milhões. Deste número, 227,7 milhões de euros foram de exportações de Angola para a Alemanha e 263,3 milhões de importações. O diplomata referiu que 95 por cento das exportações angolanas para a Alemanha foram de petróleo e gás, enquanto Angola importou máquinas (46,1 por cento), ferro (11,8 por cento) e alimentos (8,5 por cento). Angola, sublinhou o diplomata alemão, ocupa o quarto lugar nas exportações do seu país para a África a Sul do Sahara.
    Alguns ministros e deputados que acompanham a Chefe do Governo da Alemanha vão ter encontros com os homólogos angolanos e visitar várias infra-estruturas.
    Angola é a segunda etapa do périplo africano de Angel Merkel, iniciado no Quénia. A seguir, a chanceler alemã, Angela Merkel, visita a Nigéria.

     

     

    Fonte: Jornal de Angola

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Costa do Marfim, Namíbia e Africa do Sul estão na mira das grandes petrolíferas, à medida que a exploração offshore se intensifica

    À medida que as grandes empresas petrolíferas retornam à exploração offshore, as águas profundas da África Ocidental se...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema