Quinta-feira, Fevereiro 22, 2024
16.9 C
Lisboa
More

    2023, o ano em que a África Subsaariana não terá acesso aos mercados financeiros internacionais

    O anúncio do Quênia de que desistiu dos planos de vender títulos em dólares torna quase certo de que 2023 terminará sem um único título internacional oferecido por uma nação da África Subsaariana.

    A seca de emissões mostra o impacto desproporcional que as taxas de juro mais elevadas dos Estados Unidos estão a ter no continente mais pobre do mundo, à medida que o aumento dos custos dos empréstimos obriga os governos africanos a apertar os cintos, a reestruturar dívidas ou a procurar financiamento alternativo.

    A última vez que os países da África Subsariana passaram um ano inteiro sem uma venda internacional de obrigações foi em 2009, no meio da crise financeira global.

    “É proibitivamente caro para eles”, disse Thalia Petousis, gerente de portfólio da Allan Gray, que disse não prever uma recuperação em breve. “Espero que a emissão soberana africana seja mais moderada do que na última década” devido às taxas de juro estruturalmente mais elevadas nos mercados desenvolvidos, disse ela.

    Negociações controversas e prolongadas de reestruturação da dívida com Zâmbia e Gana, que entraram em incumprimento, continuarão a prejudicar o apetite dos países fiscalmente mais fracos na região, enquanto aqueles com “métricas razoavelmente boas”, como a Costa do Marfim e o Senegal, poderão ter mais sorte em 2024.

    Financiamento Concessional

    Com o mercado de obrigações internacionais fechado, instituições como o Fundo Monetário Internacional e o Banco Mundial estão a desempenhar papéis mais importantes. Mais de um terço dos países africanos receberam desembolsos até agora este ano, uma tendência que provavelmente continuará em 2024.

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Dani Alves considerado culpado de violação de uma mulher numa discoteca em Espanha

    O futebolista brasileiro de 40 anos negou qualquer infração durante o julgamento de três dias que decorreu este mês....

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema