Radio Calema
InícioAngolaPolíticaCabinda: UNITA alega boicote após Governo notificar escolas a organizar excursão no...

Cabinda: UNITA alega boicote após Governo notificar escolas a organizar excursão no dia de acto da oposição

Em Cabinda, UNITA alega que MPLA, partido no poder, tentou boicotar ato de massas programado para hoje, no Campo de Chiweca, ao coagir alunos e professores a participar de excursão escolar. Estudantes descrevem situação.

De acordo os denunciantes, depois de se tornar público que o Adalberto Costa Júnior iria dirigir um comício em Cabinda, no campo do Chiweca, várias instituições de ensino foram notificadas a realizar urgentemente uma excursão (convívio de alunos, professores e pessoal administrativo) para saudar o encerramento do ano lectivo.

Após a notificação, o deputado da União Total para a Independência de Angola (UNITA), Raul Tati, usou a sua conta do Facebook, para fazer tal denúncia.

“Não sei se devo acreditar ou não – mas estou a receber informações de várias pessoas que dão conta que as escolas em Cabinda foram orientadas a organizar um encerramento alusivo ao fim de ano”, disse.

O líder da UNITA, Adalberto Costa Júnior.
(DR)

“Em pleno sábado”
“Sinceramente! em pleno sábado? Isso são artimanhas conhecidas do regime para atrapalhar, ou impedir, os estudantes de irem no ato de massas da UNITA”, disse.

FonteDW

Siga-nos

0FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.