Radio Calema
InícioAngolaSociedadeSociedade Mineira de Catoca doa material hospitalar e informático ao Hospital do...

Sociedade Mineira de Catoca doa material hospitalar e informático ao Hospital do Zango 2

A Sociedade Mineira de Catoca (SMC) procedeu esta quarta-feira a entrega de material hospitalar e informático, ao Hospital de referência do distrito urbano do Zango 2, Viana, em Luanda, no quadro do seu programa de responsabilidade social.

Os equipamentos constituídos por Eletrocoagulador, Debitómetros (hospitalar) e ainda computadores, acompanhados de UPS e impressoras, bem como material de escritório, foram entregues ao director municipal de Saúde de Viana, Matondo Alexandre.

Este por sua vez, agradeceu o gesto e apoio dado pela SMC, tendo referido que o acto vai melhor a gestão do hospital em relação a gestão do fluxo de pacientes, como a marcação e o registo de consultas, atendimento no banco de urgência, assim como vai permitir um melhor controlo de utentes que aderem àquela unidade hospitalar.

“Vamos poder a partir de agora fornecer os dados aqui colectados, para o sistema de informação do Ministério da Saúde, sendo que eles devem ser reportados, daí que esses meios são indispensáveis, para melhor qualidade para gestão do fluxo, de dados bem como a gestão de medicamentos”, apontou.

Por seu turno, em representação do Presidente do Conselho de Gerência da SMC, a sua directora de gabinete Engrácia Soito João, avançou apesar de a sua empresa ter o seu foco da sua acção na prospecção, exploração, recuperação e comercialização de diamantes, nunca perdeu de vista a componente social, não só na região leste, mas no país de modo geral.

“Procuramos atender o nosso meio circundante, não só internas com os trabalhadores, mas com as comunidades circunvizinhas à Catoca. Inicialmente a nossa acção era apenas na Lunda Sul, mas chegamos a conclusão para que se garanta desenvolvimento na região, era necessário estender o nosso raio de acção para o resto do país, precisamente para os locais que tenham necessidades como é agora o caso deste hospital, que solicitou e nós atendemos ao pedido”, apontou.

De salientar, que a unidade sanitária do Zango 2 continua a registar como maior preocupação os casos de malária, doenças diarreicas agudas, hipertensão, ao passo que a nível da maternidade são as doenças hipertensivas específicas. Nas últimas 24 horas foram registados 640 casos de malária, sendo que 45 foram internados, dos quais 10 em estado grave.

Siga-nos

0FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.